Menu fechado

Programa Útero é Vida atende mulheres do meio rural

Print Friendly, PDF & Email

Com o objetivo de gerar oportunidade de educação, prevenção e diagnóstico do câncer do colo do útero em mulheres rurais que vivem em comunidades carentes, o sistema Faema/Senar promoveu no último fim de semana, no município de Buriti Bravo, mais uma edição do programa Útero é Vida. O evento contou com a presença do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão (Faema), José Hilton Coelho de Sousa.

DSC_0009No primeiro semestre deste ano, o programa esteve nos municípios de Fortuna, Passagem Franca, Rosário e Buriti Bravo, atendendo mais de 450 mulheres. “Estamos contribuindo assim para o aumento da auto-estima e qualidade de vida das mulheres do meio rural”, disse a coordenadora do programa, Yolanda Gomes.

Durante a realização das atividades são criadas estratégias como o Circuito de Saúde, no qual a mulher será cadastrada no sistema Senar Saúde e encaminhada para palestra e coleta de material para análise. Cada participante recebe um kit beleza contendo cosméticos e produtos de higiene pessoal, além de cortes de cabelos.

O Programa Útero é vida é realizado em parceria com os sindicatos rurais e prefeituras municipais. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer do colo de útero é o segundo mais comum na população feminina e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

Para este mês já estão agendados novos eventos do Útero é Vida nos municípios de Colinas e Mirador.