Menu fechado

Equipe do Senar ministra palestra sobre Assistência Técnica em Codó

Print Friendly, PDF & Email

.

Luiz Figueiredo ministra palestra em Codó aos produtores rurais
Luiz Figueiredo ministra palestra em Codó aos produtores rurais

Diversos produtores rurais do município de Codó participaram do seminário de Sensibilização dos programas: ABC Cerrado e Crédito Rural Orientado, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, (Senar), em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais  e da prefeitura de Codó, por meio da Secretaria  municipal de Agricultura.

Além dos produtores convidados, participaram também o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Almir Sampaio Silva, o presidente da Associação dos Criadores de Codó, Iêdo Barros e o gerente geral do Banco do Brasil de Codó, José de Ribamar Ribeiro.

O encontro  serviu para esclarecer pontos relativos a tais programas e sobre Assistência Técnica e Gerencial do Senar, (ATeG), bem como o funcionamento  de cada um, o perfil do produtor  que pode ser enquadrado e as condições de desenvolvimento.

A programação da conferência, contou com palestras ministradas por  técnicos de campo do Senar, Egon Bastos de Oliveira e Rozalino Aguiar, que falaram da importância de cada programa para os produtores rurais. No local, os participantes puderam ainda tirar suas dúvidas acerca de cada informação repassada pela equipe.

De acordo com o supervisor de Assistência Técnica e Gerencial, (ATeG), Rozalino Aguiar, todos os municípios que compõem o bioma cerrado,  com perspectiva para se expandir às demais regiões do estado. Já o Crédito  Rural Orientado, atingirá aqueles municípios que foram  atendidos pelo Mapito e também, por aqueles que demonstraram interesse pelo programa.

Projetos financiados

“O programa Crédito Rural surgiu depois  da aplicação, pelo  Senar,  do Mapito, quando  foi levantada a necessidade dos produtores de terem seus  projetos elaborados por especialistas, (projetistas), com assistência técnica garantida para a utilização correta e eficiente do recurso”, destacou Aguiar, acrescentando que  o produtor se sente mais  seguro em investir e  com mais segurança.

Os seminários vêm ocorrendo desde fevereiro e segue até o final este mês. O próximo passo, segundo os organizadores, é treinar técnicos por meio de capacitação específica para atuarem junto às propriedades no programa ABC Cerrado que previsto para finalizar até o final de julho, cujo foco será melhorar de pastagens degradadas.

“Estamos percorrendo os municípios maranhenses, tanto aqueles do Bioma Cerrado, quanto os que estão incluídos no atendimento ao Mapito. O nosso trabalho aqui é justamente orientar os produtores rurais quanto às informações de como proceder junto aos bancos, e quanto à sua produção no campo. A preocupação do Senar com isso, não é somente com a produção, mas com o gerenciamento do trabalho realizado no campo”, disse o superintendente do Senar, Luiz Figueiredo,  ao afirmar que espera colocar à disposição dos produtores, o crédito rural orientado, mas acima de tudo, assistido – modalidade de suma importância para a classe produtora.