Menu fechado

5º Concurso Fotográfico do Sistema CNA/SENAR incentiva participantes a refletirem sobre o uso da água na agropecuária

Print Friendly, PDF & Email
Thaís venceu o concurso com a foto “Aproveitando a água da chuva”. Ela recebeu o prêmio do vice-presidente diretor do CNA, José Mário Shreiner”.
Thaís venceu o concurso com a foto “Aproveitando a água da chuva”. Ela recebeu o prêmio do vice-presidente diretor do CNA, José Mário Shreiner”.

Brasília- 11.12 – É importante promover debates sobre a questão ambiental, como o uso da água, e mostrar que com pequenos gestos podemos fazer grande diferença. A afirmação é de Thaís Freitas, do Rio de Janeiro, uma das vencedoras do 5ºConcurso Fotográfico do Sistema CNA/SENAR, que teve como tema “Água na agropecuária: a água que faz nascer o alimento não se perde”. Além de Thaís, outros dois ganhadores vieram a Brasília receber o prêmio, nesta quinta-feira (10/12) durante a coletiva de final de ano do Sistema CNA/SENAR.

Thaís soube do concurso fotográfico por meio de seu pai, que é instrutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) no município de Miguel

 A autora da fotografia “Água que alimenta o mundo”, Lilian, recebeu o prêmio do vice-presidente diretor da CNA, Mário Borba.
A autora da fotografia “Água que alimenta o mundo”, Lilian, recebeu o prêmio do vice-presidente diretor da CNA, Mário Borba.

Pereira, RJ. “Eu tirei a foto ‘Aproveitando a água da chuva’ no trabalho dele, um viveiro de mudas nativas para recuperação de nascentes e de áreas degradadas, em que a água da chuva é captada”, comenta Thaís ficou radiante por ter sido uma das vencedoras do concurso. “Foi um reconhecimento e me deixou muito feliz pela possibilidade de mostrar o que a minha família está fazendo pelo meio ambiente”, comemora.

“Um amigo compartilhou o post no facebook um dia antes do fim das inscrições. Notei que uma foto minha atendia os critérios do regulamento, então revolvi enviar. Deu certo e fico extremamente agradecida pelo reconhecimento e iniciativa do SENAR em mostrar a realidade do campo em âmbito nacional e internacional”, diz, entre sorrisos, a jovem Lillian Matias de Oliveira, mestranda em Agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul.

Quem também recebeu o prêmio simbólico do 5º Concurso Fotográfico foi o fotojornalista Rodrigo Lima, de Belo Horizonte, que traz no sangue o olhar fotográfico de seu pai. Ele explica que soube do concurso fotográfico por amigos jornalistas e que sempre participa de concursos na tentativa de estar entre os finalistas. “Eu estou muito orgulhoso em participar dessa cerimônia de premiação que reconhece o trabalho fotográfico”, revela Rodrigo, que já participou de aproximadamente 15 concursos fotográficos no Brasil. “Esse é um dos poucos concursos em que eu recebi a premiação em dinheiro, a maioria foi participação em exposição fotográfica”, observou.

O 5º Concurso Fotográfico do Sistema CNA/SENAR selecionou 10 fotografias das mais de 800 inscritas. As imagens vieram de diversas partes do País e mostram o trabalho das pessoas que produzem alimentos e preservam os recursos hídricos em suas propriedades. Os vencedores receberão premiação de R$ 3 mil, além de certificado de participação.