Notícias Estande do Senar na Expofran atrai centenas de pessoas em busca de conhecimento

 

Luiz Figueiredo durante evento de entrega de certificados na Expofran

 

Deputada estadual, Valéria Macêdo entrega certificado a produtor participante do curso de piscicultura.

A 22ª edição da Exposição Agropecuária de Porto Franco – Expofran teve o seu ponto alto com a solenidade de entrega de certificados aos participantes dos cursos de Olericultura, Piscicultura  e Derivados do Leite, ofertados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) a produtores rurais da região assistidos pelo programa Mais Produção, do Governo do Estado.

O ato ocorreu na presença dos organizadores da Exposição e de convidados incluindo o deputado federal Deoclides Macêdo (PDT), a deputada estadual, Valéria Macêdo (PDT), o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Porto Franco, Fortunato Macêdo, o presidente da Associação dos Produtores Rurais de Porto Franco, Itamar Miranda, do secretário municipal de Agricultura, Ronaldo Lima, produtores rurais e  expositores. O superintendente do Senar, foi o anfitrião do evento.

Exposição de Derivados do Leite, antes da degustação por convidados.

Logo após a cerimônia de entrega, o Senar deu sequência ao evento com a degustação dos produtos pelos convidados e produtores feitos durante o curso de Derivados do Leite, que envolveu, também, pessoas interessadas em fazer o aproveitamento do leite em suas propriedades e aumentar a sua renda com a elaboração de itens como: pudim, bolos,  conservas doces dentre outros.

 

Estande do Senar na Expofran, visitado por produtores e lideranças políticas e sindicais da região tocantina.

Além dos cursos, o estande do Senar, apresentou a  Minifábrica de Aguardente Orgânica, a partir do beneficiamento da cana de açúcar,  coordenada pela técnica  e instrutora e técnica, Silvia Almeida, que  na ocasião, apresentou diversas formas de uso da cachaça. Também no espaço do Senar foram expostos, materiais de divulgação de todas as ações desenvolvidas no Maranhão. Centenas de pessoas tiveram acesso ao local em busca de informações e conhecimento.

Piscicultura

Paulo César Alves de Andrade participou do curso de piscicultura promovido pelo Senar durante a Expofran/2017. O pequeno produtor rural viu no curso a chance de aprender um pouco mais sobre o ofício que já desenvolve em sua propriedade, mas que sonha em ver seu empreendimento crescer e se consolidar.

“O curso é excelente. A gente aprende muito com tudo o que nos é passado,. Me impulsionou  a investir mais no negócio. Traz conhecimento, ânimo e coragem para o produtor seguir investindo cada vez mais”, disse ele.

O  presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Porto Franco, Fortunato Macêdo destacou o papel do Senar como grande incentivador das Feiras e Exposições no estado. Falou da importância da entidade para setor produtivo rural e disse que a oferta de cursos  durante a Feira é de fundamental importância.

“É impossível falar da Expofran e não falar do Senar. É uma entidade que incentiva os produtores rurais e que é parceira de quase todas as feiras e exposições no Maranhão, levando conhecimento e fortalecendo as atividades do campo”, ressaltou, satisfeito com a participação da entidade no acontecimento que atrai anualmente milhares de pessoas. Hoje,  considerada como uma das  maiores do estado.

A Feira envolve diversos parceiros, dentre eles o sistema Faema/Senar, Sindicato, empresariado local e regional, universidades, Governo do Estado e  prefeitura municipal. Todos essas entidades, contribuem  direta e indiretamente  para o sucesso do evento que constitui um grande instrumento de  geração de renda para Porto Franco,.

Expositores da região e de outros estados se beneficiam do espaço por meio de vendas de seus produtos e animais ou ainda, na apropriação da tecnologia e conhecimentos que durante os cinco dias são passadas por meio de cursos, treinamentos, palestras e exposições.

Para o superintendente do Senar, Luiz Figueirêdo, é o 22º ano em que o Senar se faz presente na Expofran, trazendo como sempre, novas oportunidades de conhecimentos para os produtores da região, de forma a melhorar os ganhos com exposições agrosilvipastoris desenvolvidas.

“É uma satisfação poder contribuir, por meio do Senar – de forma direta para o fortalecimento de um evento tão importante para a região tocantina”, destacou Figueiredo.