Notícias Senar treina instrutores com sistema ‘Senar nas Nuvens’
Print Friendly, PDF & Email

O sistema vai permitir gerenciamento pelo Senar Brasil das ações desenvolvidas pela regional

Luiz Figueirêdo ministra palestra aos instrutores

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MA) acaba de treinar novas turmas de instrutores para a utilização do  ‘Senar nas Nuvens’. O sistema é uma ferramenta de gestão de informações criada para auxiliar as Administrações Regionais nos processos da Formação Profissional Rural (FPR),  Promoção Social (PS) e Programas Especiais (PE). Assim como a regional do Maranhão, várias outras regionais  já utilizam tal ferramenta no seu dia a dia desde o ano passado, quando foi implantado.]

Todos  os agentes envolvidos nos processos da Formação Profissional Rural  e da Promoção Social, que são mobilizadores, instrutores, supervisores e equipe técnica ficam responsáveis diretamente por cada etapa, desde a solicitação das demandas pelos sindicatos e elaboração do Plano Anual de Trabalho (PAT) à conclusão do treinamento e certificação dos participantes ou do evento realizado pela Regional. Com isso, será possível levantar, com facilidade, os quantitativos do Senar em todo o País.

Instrutores/alunos atentos às informações dadas pelo superintendente e pelo técnico, Francisco Xavier.

No Maranhão, assim como instrutores, serão capacitados também  os mobilizadores,  que trabalharão no processo de qualificação por todo o estado. A atualização do  ‘Senar nas Nuvens’, é diária, o que facilita o registro e a busca de informações para a elaboração de relatórios, por exemplo.

De acordo com o administrador regional do programa ‘Senar nas Nuvens’, Francisco Xavier Rabelo Júnior, até agora foram treinados  cerca de oitenta pessoas  na primeira fase  que iniciou no ano passado, quando  o Senar/MA, iniciou  a alimentação do sistema com as informações específicas da regional.

“Para mim, é uma satisfação enorme poder passar informações tão importantes aos instrutores – pois permite a garantia de continuidade das atividades desenvolvidas por eles, que são essenciais no processo educativo do homem do campo”, destacou Xavier, satisfeito com a iniciativa do Senar.

Para o instrutor,  José Costa Lopes, a ação vai melhorar o desenvolvimento das atividades com ênfase na qualidade do trabalho dos instrutores.

“Excelente projeto. O Senar está de parabéns pela implantação deste sistema”. Frisou ele.