Notícias Projeto Agrodiálogos do Senar é desenvolvido no interior do Estado
Print Friendly, PDF & Email

O Seminário de Desenvolvimento da Agropecuária do Maranhão pela Educação será ministrado em todo o Estado

Seminário Agrodiálogos em Poção de Pedras

O presidente do sistema Faema/Senar, Raimundo Coelho, acaba de efetivar em vários municípios, o  projeto  Seminário de Desenvolvimento da Agropecuária do Maranhão pela Educação, denominado de  Agrodiálogos. Projeto este, que tem por finalidade atender o produtor rural e sua família, por meio de Encontros,  cujas bases estão fincadas em  informações tecnológicas, educação rural, empreendedorismo, educação sanitária, formação profissional rural, assistência técnica, organização do setor rural e participação política.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) visa com essa iniciativa, atender seu público-meta nas diversas regiões do Estado, por meio de entidades representativas do setor rural, envolvendo: produtores e trabalhadores rurais, professores e escolas familiares rurais, técnicos ligados ao setor rural, criadores do estado do Maranhão, pescadores pertencentes às Colônias e Sindicatos de Pescadores, dentre outros.

Produtores rurais em campo, recebendo o presidente do sistema Faema/Senar.

Coelho se reuniu com mobilizadores e palestrantes, além de representantes de entidades rurais com potencialidade para o desenvolvimento do projeto, nos municípios de  Chapadinha, São Mateus, São Benedito do Rio Preto, Santa Quitéria, Anapurus, Pirapemas, Caxias, Peritoró, Vitorino Freire, Altamira do Maranhão e Brejo de Areia. Com eles,  Coelho discutiu estratégias de execução do projeto ao tempo que articulou a sua realização na sede de cada município.

Projeto

O Agrodiálogos é um projeto do Senar e  tem como meta atender um total de 5.440 participantes nos 51 eventos que serão promovidos, considerando a mobilização de 100 participantes, em média, por seminário, que se propõe envolver os participantes como principais multiplicadores da plataforma onde a educação e a produção despontam  como metas prioritárias.

Para a realização desse projeto, o Senar conta com o apoio de diversas instituições ligadas ao setor agropecuário que auxiliarão na mobilização do Público alvo, cederão profissionais para participar dos eventos, enriquecerão as discussões e contribuirão, de modo geral para o fortalecimento das ações realizadas em prol do desenvolvimento do setor agropecuário maranhense.

“Esses seminários são intercursos de informações e diálogos sobre Agronegócios do Maranhão,  onde falaremos sobre temas cruciais para o setor agropecuário como, por exemplo: Inovação Tecnológica, Educação e Empreendedorismo,  Formação Profissional Rural e Promoção Social, e também, a importância das organizações rurais de modo a buscar acessibilidade às políticas públicas voltadas para o setor rural do Estado”, destacou ele entusiasmado com a iniciativa.