Comitiva do sistema Faema/Senar participa de Encontro da Comissão de Mulheres no PecNordeste (CE)

Mulheres maranhenses no I Encontro de Mulheres do Agro, em Fortaleza (CE).

Pensando no protagonismo feminino dentro da produção rural e as políticas de valorização do gênero, considerando a sua participação efetiva nas decisões das propriedades, o sistema Faema/Senar enviou comitiva formada por produtoras rurais maranhenses, para participar do I Encontro das Mulheres do Agro realizado durante programação do Seminário Nordestino de Pecuária (PecNordeste).em Fortaleza (CE).

O grupo de mulheres formado por presidentes e representantes sindicais, funcionárias do sistema Faema/Senar e as integrantes da Comissão no Maranhão, Renata Ricupero e Mirela Alves se fizeram presentes nas atividades do Seminário cearense, reforçando a campanha que conta com o apoio da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema).

A iniciativa contou com a participação direta da vice-presidente da Comissão Nacional da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Simone de Paula e de centenas de outras mulheres de regionais nordestinas, que formam entidades representativas de diversas partes do país. Depoimentos e exemplos de superação dentro do agronegócio brasileiro, nortearam a conferência.

Comissão durante evento.

Organizado pela Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec), o I Encontro do Agro teve como coordenadora, Ivonise Holanda (Arrecadação do CE/Comissão Nacional das Mulheres do Agro-CNA) e equipe.

“Uma oportunidade incrível de encontrar mulheres que estão à frente de propriedades rurais. Técnicas, produtoras, sucessoras e esposas que estão junto aos maridos na produção rural. E foi encantador ver a quantidade delas falando a mesma linguagem, todas empenhadas para ver o crescimento do agro no país”, disse Renata, acrescentando que espera em breve, trazer esse Encontro para o Maranhão.

Quem também enalteceu a presença de produtoras rurais maranhenses no evento, foi Ivonise Holanda.

“Receber produtoras rurais e profissionais do agro e irmãs nordestinas, com experiências tão peculiares foi algo maravilhoso. O Maranhão tem vivido uma revolução no Agro, crescido acima da média nacional, compõe o corredor Norte, a nossa Matopiba, tem o Porto de Itaqui e se estrutura para avançar cada vez mais e como o futuro do agronegócio passa pelas mulheres, tê-las conosco, vivermos essa experiência, ainda que por pouco tempo, foi incrível e nós acreditamos que foi apenas o início de uma conexão que vai se fortalecer com o apoio das nossas Federações coirmãs”, destacou a organizadora da conferência.

Cases de sucesso, apresentados durante o seminário.

Para a coordenadora do grupo, a médica veterinária Aline Saldanha, a participação neste evento serviu de base para a formação da futura Comissão das mulheres maranhenses, para se juntar a outras regionais.

“A nossa participação visa aumentar a inclusão e a participação das mulheres nas atividades do setor, sobretudo nas atividades técnicas e sindicais”, frisou a coordenadora de Assistência Técnica e Gerencial do Senar.

A equipe do sistema Faema/Senar foi composta por Reyzane dos Santos e Francinete Batista (Barra do Corda), Keyssyane Soeiro e Mariana (Vargem Grande), Edilânia Neco (Centro do Guilherme), Tayane Duarte (Caxias), Eliane Lopes Coelho(Amapá do Maranhão), Rosemeire Freitas (Pedreiras).

No time estavam ainda: A assessora jurídica (Liliane Coelho), a coordenadora de ATeG (Aline Saldanha), a assessora de comunicação (Leocândida Rocha), a supervisora da Getec (Agriciomar Veloso) e a coordenadora de RH, Ysnaia Mesquita, além do convidado especial, representante do sistema Faema/Senar, Carlos Antônio Feitosa de Sá.

produtora rural e presidente do Sindicato de Centro do Guilherme, Edilânia Neco.
Renata Ricupero e Mirela Alves, entre mulheres que integram a Comissão Nacional.