Artigos Assistência Técnica e Gerencial do Senar é referência no Maranhão 26-11-2018
Print Friendly, PDF & Email

As experiências bem-sucedidas de Assistência Técnica e Gerencial no Maranhão foram apresentadas em missão técnica, nesta semana, para superintendentes do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e coordenadores da Assistência Técnica e Gerencial de oito estados.

A missão começou com reunião de alinhamento de estratégias no Sindicato dos Produtores Rurais de Imperatriz. Em seguida, representantes do Acre, Amapá, Bahia, Pará, Pernambuco, Rondônia, Sergipe e Tocantins conheceram duas propriedades rurais assistidas pela ATeG do Senar nos municípios de Imperatriz e Açailândia, no sul do Maranhão.

Segundo o diretor nacional de ATeG do Senar, Matheus Ferreira, o alto nível técnico das discussões entre os técnicos e produtores rurais influenciaram positivamente na tomada de decisão para o aumento da produtividade.

“Os produtores rurais atendidos pela ATeG no Maranhão tratam de questões técnicas e produtivas, mas também já avançaram nos debates relacionados aos aspectos gerenciais, com a análise dos indicadores econômicos, que contribuem para a tomada de decisão”, declarou.

O estado do Maranhão foi um dos primeiros a oferecer a ATeG no país, há quatro anos. Atualmente, a metodologia desenvolvida pelo Senar atende produtores rurais em todas as regiões brasileiras.

Joaquim Ramos é produtor de gado de corte no município de Açailândia. A comitiva do Senar foi até a fazenda Mariazinha para conhecer de perto a realidade de uma propriedade sustentável e como a realidade melhorou após a ATeG do Senar.

“É motivo de muito orgulho ter a produção assistida e o auxilio do técnico mensalmente. Recomendo a todos os produtores rurais que queiram acompanhar a evolução do setor agropecuário que se aproximem do Senar”, observou.