Menu fechado

Sistema Faema/Senar agiliza implantação de novas turmas de agronegócio no estado

Print Friendly, PDF & Email
Dirigentes do sistema Faema/Senar acompanhados pelo presidente do sindicato dos produtores rurais, José Luzia, prefeita de Chapadinha Ducilene Belezinha e equipe.
Dirigentes do sistema Faema/Senar acompanhados pelo presidente do sindicato dos produtores rurais, José Luzia, prefeita de Chapadinha Ducilene Belezinha e equipe.

O presidente da Federação de Agricultura do Maranhão, (Faema), Raimundo Coelho e o superintendente do Senar, Luiz Figueiredo, reuniram-se esta semana com a prefeita de Chapadinha, Ducilene Belezinha, o presidente do sindicato dos Produtores Rurais de Chapadinha, José Luzia. Na oportunidade foram tratados assuntos relativos à implantação e o funcionamento da segunda turma do curso de Agronegócio da Rede E-Tec Brasil no Senar.

Disposta a investir na formação de jovens e adultos  com vocação ao trabalho rural, a prefeita se disponibilizou  a acompanhar o processo de implantação, ao tempo que disponibilizou ao sistema Faema/Senar, uma equipe de profissionais para ajudar na estruturação do curso que terá início no mês de março, após aplicação de provas que se dará na sede de Chapadinha, mas também, em  Balsas e Colinas.

Matrículas

Reunião em Chapadinha para definir implantação do curso de agronegócio.
Reunião em Chapadinha para definir implantação do curso de agronegócio.

As matrículas para o terceiro processo seletivo do curso  já estão abertas no portal   http://etec.senar.org.br/ e vão até o dia 15 de fevereiro. Ao todo, o Maranhão disponibilizará 90 vagas, sendo, portanto, trinta para cada polo, (Chapadinha, Balsas e Colinas). Por ser um curso formal de nível técnico, certificado pelo Ministério da Educação (MEC), para se inscrever o candidato precisa ter o Ensino Médio completo. A seleção é realizada por meio de provas objetivas de Matemática, Conhecimentos Gerais, Português e Redação, aplicada presencialmente na sede de cada polo, nos respectivos municípios.

Neste terceiro processo, o SENAR está oferecendo mais de 2.500 vagas em 19 estados do país, desta vez incluindo Bahia, Rio Grande do Sul, Rondônia e Roraima, onde a rede acaba  implantar novos polos de apoio. A expectativa é que o número de inscritos  ultrapasse ao da última seleção, quando a disputa alcançou a média de cinco candidatos por vaga.