Menu fechado

Sistema Faema/Senar tem papel importante na realização da Expoema 2022

Print Friendly, PDF & Email
Turma do curso Operação e Manutenção de Máquinas e Tratores Agrícolas

Em parceria com o sistema Faema/Senar, Governo do Estado, Fundepec e outros órgãos e entidades ligados ao setor produtivo rural, a Associação de Criadores do Estado do Maranhão (Ascem), realizou no período de 4 a 11 de setembro a 62ª edição da Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), no Parque Independência (São Cristóvão) – São Luís.

Com grande movimentação de pessoas que foram conferir de perto as atrações expostas no local, a exposição foi responsável pela geração de renda de centenas de pessoas que se dedicaram nestes sete dias, a fazer desta a melhor edição dos últimos anos.

Alunos de piscicultura, no tanque da Expoema

O Senar levou ao local uma programação recheada de ações de grande repercussão. Uma delas foi a promoção de 12 cursos que capacitaram 180 pessoas, a maioria, estudantes universitários das Ciências Agrárias.

Com grande procura, os cursos chamaram a atenção principalmente da comunidade acadêmica que buscam se especializar nas áreas oferecidas pelo Senar, como por exemplo: Drone, Piscicultura, Irrigação, NR31.8 – Aplicação de agrotóxicos, Casqueamento, Manejo alimentar, Manejo sanitário, Caprinocultura, Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas, Derivados do leite e Doma racional.

Aula prática do curso de Irrigação, com o professor Ricardo Lucas

Outra iniciativa de grande resultado, foram as palestras ministradas pela equipe do Senar a convite da organização do evento.  Com o tema: Senar Maranhão – novas oportunidades para o homem do campo, o superintendente Luiz Figueiredo, destacou o papel do Senar e suas ações, junto ao setor rural maranhense.

Na sequência, o supervisor técnico, Michael Douglas discorreu sobre ‘Nova visão do agronegócio no Maranhão” e por último, foi realizada as palestras “Aspectos gerenciais da ATeG, no Estado do Maranhão’, ‘Desenvolvimento da do sistema de hortifruticultura no município de Raposa’, ‘Características da piscicultura na Grande Ilha’ – tendo como palestrantes, o coordenador de ATeG, Edvaldo Amorim e o supervisor Luiz Gustavo, Thaine Gomes e Natã Sousa, respectivamente.

Aluna no treinamento de Casqueamento

Estande

O espaço institucional do sistema Faema/Senar, lotado na Expoema, foi um diferencial no projeto. Por lá podiam ser conferidas a Oficina de Aguardente de Cachaça – apresentada pela química industrial, Silvia Almeida; Artesanato da fibra de bananeira; licores produzidos por pequenos produtores rurais assistidos pela entidade.

O presidente da Ascem, Ricardo Ataíde, destacou a parceria com o sistema Faema/Senar na organização, realização e sucesso da exposição direcionada ao segmento rural e à sociedade em geral.

Treinando e instrutora, acompanhados pelo superintendente Luiz Figueiredo e pelo presidente do Fundepec.

“A parceria com o sistema Faema/Senar foi de grande importância neste processo. Nós tivemos em tratativas durante três meses, para poder realizarmos este evento, e o sistema Faema/Senar sempre esteve conosco e não deixou a desejar em nada. Tivemos a participação com vários treinamentos, palestras e outras atividades, e isso tudo é favorável para o agronegócio. O papel do Senar é de excelência para que o Maranhão evolua. Só temos a agradecer e queremos cada vez mais fortalecer esta parceria”, afirmou ele.

Para José Hilton Coelho de Sousa, a parceria entre o sistema Faema/Senar, Ascem, Governo do Estado, Sebrae, Fundepec e outras entidades fortalece o trabalho que vem sendo feito em favor do homem do campo.

Aula prática do curso Derivados do Leite.

“É de fundamental importância participar de eventos de grande envergadura como esta exposição. Não somente esta, mas todas as outras incluídas no calendário do Maranhão. A nossa contribuição vai muito além de levar capacitações e palestras para o evento, mas proporcionar ao produtor rural, o tratamento que ele merece”, destacou o presidente.