Menu fechado

Senar realiza Seminário sobre projeto ABC Cerrado em Presidente Dutra

Print Friendly, PDF & Email

 

Superintendente Luiz Figueiredo destaca as ações do Mapito como projeto pioneiro de Ater no estado

As ações e as tecnologias que serão difundidas dentro do Projeto ABC Cerrado – realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), Embrapa e Ministério da Agricultura, com o apoio do Governo do Estado por meio da secretaria de Agricultura e Abastecimento, (Sagrima), da Secretaria de Agricultura Familiar, (Saf) e da Secretaria de Meio Ambiente, (Sema) – foram apresentadas para cerca de 300 pessoas, dentre elas: produtores rurais, dirigentes sindicais, representantes do setor agropecuário, (público e privado), estudantes, professores, técnicos do programa Mapito, secretários municipais, pesquisadores e convidados –  no Seminário ABC Cerrado, neste sábado, (12), em Presidente Dutra.

publicação Igor Senar Central
Assessor técnico do Senar Central, (Brasília), Igor Borges lança em Presidente Dutra, projeto ABC Cerrado para o público de trezentas pessoas.

O assessor técnico do Senar Central, (Brasília), Igor Borges lançou o projeto, bem como as ações inerentes a ele e suas metas previstas. O engenheiro agrônomo e  produtor rural, Marcelo Freitas, convidado pela Embrapa,  destacou experiências exitosas aplicadas a partir da baixa emissão do carbono em sua propriedade. Além de Freitas, o presidente do Comitê Gestor Estadual do Plano ABC no Maranhão, Luiz Coelho Junior  falou da sua aplicabilidade no Maranhão, e finalmente, o superintendente do Senar Regional,  Luiz Figueiredo apresentou diversas ações desenvolvidas pelo sistema Faema/Senar.

Figueiredo ressaltou a Integração Lavoura Pecuária, (ILP), como alternativa  do projeto ABC Cerrado e a empregabilidade do Mapito, (nova fronteira de desenvolvimento do país envolvendo Maranhão, Piauí e Tocantins), que tem sido um diferencial na assistência técnica do Maranhão.

: Presidente da Federação de Agricultura, Raimundo Coelho, fala da importância do projeto para os produtores rurais
: Presidente da Federação de Agricultura, Raimundo Coelho, fala da importância do projeto para os produtores rurais

“Nós do  Senar,  e parceiros, faremos capacitação específica em cima da ILPF, da recuperação do plantio direto e  da recuperação de pastagens degradadas, com o objetivo final de garantir a   melhoria da renda do produtor rural. Esse é o compromisso do Senar, que nessa empreitada conta com o apoio de diversos parceiros”, disse Figueiredo em sua apresentação.

O assessor técnico do Senar Central, Igor Borges, elogiou a mobilização feita pelo Senar  Regional, que atingindo um público diversificado acertou na  proposta do projeto ABC Cerrado e revelou que a próxima etapa, (logo após a realização do Seminário em Chapadinha), será  capacitar produtores rurais e técnicos – responsáveis por propriedades -, o que complementará   o trabalho de assistência técnica desenvolvida pelo Senar.

“Vimos aqui uma excelente mobilização pelo Senar Regional  que acertou na proposta do projeto. Está de parabéns toda a equipe envolvida”, frisou, destacando que  as tecnologias deverão  atender aos pequenos, médios e grandes produtores do estado.

Mapito

O presidente da Federação de Agricultura do Maranhão, (Faema), Raimundo Coelho destacou a ação  da ministra Kátia Abreu na implantação do Mapito e do governador Flávio Dino, que tem investido na agricultura do estado.  Destacou ainda o trabalho do sistema Faema/Senar no Cadastramento Ambiental Rural, (CAR), e da expansão do programa Mapito para o Matopiba, (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), ação direta da ministra Kátia Abreu.

Coelho ressaltou  a participação dos sindicatos dos produtores rurais, Sebrae, Embrapa, Mapa e do governo estadual no projeto ABC Cerrado por meio das Secretarias de Agricultura e Abastecimento, (Sagrima) e da Agricultura Familiar, (Saf) e do Meio Ambiente, (Sema).

“Este seminário vem coroar o trabalho de assistência técnica já em desenvolvimento no Maranhão. O nosso compromisso é atender bem  aos produtores rurais com o intuito  de ver os nossos produtores rurais melhorando a qualidade de vida”, salientou Coelho.

Senar é o responsável pela formação profissional dos produtores rurais, pela capacitação de instrutores e técnicos de campo com foco em quatro tecnologias preconizadas pelo Plano de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (Plano ABC), como por exemplo: sistema plantio direto, recuperação de pastagens degradadas, integração- lavoura – pecuária – Floresta, (ILPL) e florestas plantadas. No Maranhão,  o projeto ABC Cerrado está estruturado em duas etapas: seminários de sensibilização e capacitação de produtores e técnicos nas tecnologias ABC.

Participaram da Conferência,  o Superintendente Federal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, (SFA-MA), José Antônio dos Santos, o secretário estadual de Meio Ambiente, (Sema), Marcelo Coelho, os prefeitos de: Colinas, Antonio Carlos Oliveira (que na ocasião representava o Consórcio de prefeitos do médio sertão), de Presidente Dutra, Juran Carvalho, e de Fortuna, Arlindo Barbosa Filho. Também participaram representantes do (Sebrae),  Ester Freitas, Joaquim Costa, (Embrapa), Luiz Coelho, (Sagrima),

Também prestigiaram o evento os  presidentes, vice-presidentes e representantes dos sindicatos dos Produtores Rurais de: Pres. Dutra, (Jonas Gomes Cruz), de Barra do Corda, (Francisco Silva Santana), de Caxias, (Benedito Valter Oliveira), de Colinas, (Carlos Antonio Feitosa), de Pastos Bons, (Alexandre Camapum), de Tuntum, (José Reinaldo Gomes da Silva), de Barão de Grajaú, (Antônio de Pádua da Silva), de Buriti Bravo, (Petrônio Coelho), de Codó, (Almir Sampaio), de Mirador, (Luiz Coelho Junior), de Peritoró, (Antônio Moura), de S. Domingos do Maranhão, (Astolfo Seabra), de S. João dos Patos, (Geovane Carvalho) e de Fortuna, (Almiro da Costa e Silva).