Menu fechado

Senar participa da Agroloreto com capacitação e programa de atendimento ao produtor rural

Print Friendly, PDF & Email
Equipe do sistema Faema/Senar, durante a Agroloreto 2019.

Com uma programação diversificada e bastante atrativa, a 6ª edição da Agroloreto, recebeu visita de milhares de pessoas do município de Loreto e da região. Localizada na entrada da cidade, dessa vez, a Exposição reuniu órgãos governamentais, Sebrae, Bancos Oficiais (BNB e BB), empresas de iniciativa privada, além de estandes com diversos produtores rurais, artesãos, comerciantes e serviços de saúde voltados a todos que o visitaram nos dois dias em que ocorreram a Feira.

A Agroloreto, é uma iniciativa do Sindicato dos Produtores Rurais de Loreto – com o apoio da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão – (FAEMA) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), do Governo Estadual, Sebrae e outros parceiros.

A Exposição integra projeto do presidente do Sindicato, Alessandro Costa e tem por finalidade, fomentar a economia municipal, gerando renda e levando aos moradores, especialmente, aos produtores rurais, informações, capacitações e novas experiências por meio de tecnologias e ferramentas sustentáveis, a fim de serem aplicadas em suas propriedades.

Faema e Senar

O estande do sistema Faema/Senar foi um dos responsáveis por grande movimentação no local, em função do funcionamento da minioficina de farinha de mandioca e da minioficina de cachaça, com grande aceitação do público, ávido, por saber mais sobre as ações das entidades parceiras.

Minioficina de Farinha de mandioca, durante a Exposição.

Diversas outras ações foram empreendidas pelo Senar durante os dois dias da Feira. Uma delas foi o programa Saúde Preventiva da Mulher Rural, com exame de colo de útero, feito por profissional qualificada (enfermeira), além de embelezamento com escova capilar e entrega de kit de produtos de higiene e beleza.

Duas Oficinas foram oferecidas pelos instrutores do Senar aos produtores de Loreto e região. Curso de artesanato de materiais recicláveis e a Oficina de alimentação alternativa. Ambas chamaram atenção dos loretenses pelo uso de produtos de baixo e facilidade da utilização de peças e alimentos simples, usados no dia a dia.

Produtora rural recebe kit de higiene e beleza.

Representando o setor agropecuário maranhense, prestigiou o evento, o presidente dos sistema Faema/Senar, Raimundo Coelho e o superintendente estadual do Senar, Luiz Figueiredo. Participaram ainda, a coordenadora de Ensino Formal e Promoção Social, Yolanda Gomes e equipe multiprofissional, que comandou as ações durante os dois dias da Agroloreto.

Passaram por lá ainda representantes das secretarias estaduais, do Sebrae Regional, de bancos e de demais instituições parceiras do evento.

Yolanda Gomes e produtoras rurais atendidas durante a Agoloreto.

“A sexta edição da Agroloreto   levou à região sul do estado novas perspectivas porque, o presidente do sindicato é uma pessoa comprometida com o setor rural e tem levado aquela região tudo o que pode fazer para melhorar”, ressaltou. Luiz Figueirêdo disse mais: “Os resultados da Agroloreto foram magníficos. Nós tivemos quase todas as instituições do estado, ligadas ao agro, com muitas atrações e a oportunidade de conhecer novas tecnologias. O Senar mais uma vez se fez presente, com palestras, apresentação de oficinas e cursos”, destacou o superintendente do Senar Maranhão.

“O sistema Faema/Senar é parceiro da Agroloreto desde a primeira edição. Através dele, levamos diversas ações que engrandecem o evento. O Senar é um parceiro que está nos ajudando desde a primeira edição, e nós já estamos no 6º ano e a cada vez mais estamos crescendo com a ajuda do sistema Faema/Senar”, destacou Alessandro Costa.

Alessandro Costa apresenta produto feito á base de material reciclado, após curso de Artesanato de Material Reciclado.