Menu fechado

Senar movimenta 14ª Agrofeira de Bacabal com capacitação de produtores

Print Friendly, PDF & Email
Produtores rurais no curso de Administração de propriedades em regime de economia familiar.

Três cursos de capacitação profissional do Senar, foram destaques na 14ª Agrofeira de Bacabal, ocorrida recentemente naquele município. Além dos cursos, o Senar levou para demonstrações agroindustriais, as mini agroindústrias de beneficiamento da raiz de Mandioca e de produção Aguardente orgânica. Ambas, instaladas no stand da entidade e apresentadas por instrutores qualificados que fizeram demonstrações do processo agroindustrial ao público, durante os cinco dias da exposição.

Trinta produtores rurais foram capacitados pelos instrutores do Senar nos cursos de Derivados do leite, Operação e manutenção de tratores agrícolas e Administração de propriedades em regime de economia familiar. Os instrutores do Senar – Bernardete Nunes, Ana Joaquina e Jesiel Sousa, usaram o mesmo espaço da Feira para as aulas práticas e teórica com os alunos selecionados.

O produtor de leite, morador do município de Lago dos Rodrigues, Airton Gomes, de 42 anos, participou do curso Derivados do Leite, durante a Agrofeira. Ele disse ter sido dias de muito aprendizado sobre o aproveitamento do leite, antes pouco explorado por ele.

Curso de Derivados do leite com alunos da região.

“Aprendi todas as formas e técnicas de trabalhar com os produtos derivados do leite. O curso me proporcionou mais profissionalismo e mais renda, a partir do momento em que percebi o quanto é importante fazer o aproveitamento e transformação do meu produto para comercialização na minha cidade e fora dela também”, disse ele, satisfeito com o aprendizado.

A Agrofeira é uma realização do Sindicato dos Produtores Rurais de Bacabal com o apoio do sistema Faema/Senar, do Governo do Estado por meio da Sagrima e Seinc, Porto do Itaqui e bancos oficiais, como Banco do Brasil, Nordeste, Banco da Amazônia e empresas da inciativa privada que atendem ao setor agropecuário.

Foram cinco dias de grande movimentação com exposição de animais de grande e médio porte como: cavalos, bois, bezerros, caprinos e ovinos  e comercializadas máquinas e suprimentos agrícolas de variadas marcas e modelos.

Alunas durante a produção de queijo e outros derivados do leite.

O presidente do sistema Faema/Senar e do Conselho Deliberativo do Sebrae, Raimundo Coelho e o gerente técnico do Senar, Carlos Antônio Feitosa foram recebidos pelo presidente reeleito do Sindicato dos Produtores Rurais de Bacabal, Ramon Arraes, durante a abertura do evento.

“A Agrofeira mostra a força do agronegócio em Bacabal, do que essa região representa para a agropecuária do nosso estado. As empresas e lojas vêm, assim como os representantes de entidades de classe, para prestigia-la”, observou Ramon, ao tempo que ressaltou a inovação, tecnologia e os conhecimentos técnicos repassados em cada edição do evento, que divulga e amplia o setor agropecuário da região.

“A gente sempre procura trazer novos cursos, inovar e buscar novas tecnologias; e o Senar é um grande parceiro do Sindicato. Aqui tivemos três cursos que deu lotação máxima e ficamos felizes ao ver o interesse dos produtores rurais em receber conhecimento e aplicar em suas propriedades”, disse ele.

Instrutores e aluna na cerimônia de encerramento.

Degustação

O encerramento da Agrofeira foi marcado pela cerimônia de degustação que contou com a presença do superintendente do Senar no Maranhão, Luiz Figueiredo, do secretário de Estado da Economia, Indústria e Comércio (Seinc), Simplício Araújo, dos presidentes dos sindicatos rurais de Esperantinópolis (Emerson Galvão), de Bacabal (Ramon Arraes), de alunos dos cursos ministrados, instrutores, produtores rurais, representantes de entidades do setor rural, empresários, dentre outros.

Para Figueirêdo, no entanto, esse panorama registrado na 14ª Agrofeira de Bacabal, muda o cenário do que já se espera em termos de resultados, pois, o que vem se registrando todos os anos com o evento realizado pelo Sindicato de Bacabal, tem impulsionado os níveis de desenvolvimento tecnológico da região e contribuído para solidificar ainda mais o trabalho do Senar no município e nas áreas circunvizinhas.

“O Sindicato Rural de Bacabal além de ser um grande parceiro, é na realidade o nosso representante legal e legítimo em Bacabal e nos municípios periféricos onde não temos bases sindicais”, disse ele.

Cerimônia de encerramento dos cursos, com a participação do Governo do Estado.