Menu fechado

Senar-MA e Sebrae discutem o Mapito e o Sertão Empreendedor

Print Friendly, PDF & Email

Com o objetivo de estabelecer uma parceria voltada para o projeto Mapito, que vem para os estados do Maranhão, Piauí e Tocantins, como um novo desafio em montar um sistema de apoio técnico ao homem do campo, dirigentes do Senar-MA e do Sebrae estiveram reunidos discutindo um maior alinhamento entre as ações das instituições envolvidas. A reunião foi realizada na sede do Sebrae, centro de São Luís.

A ideia é implantar maior dinamismo no setor rural dos três estados de regiões carentes do Norte e Nordeste, quase sempre alijados das principais políticas de fomento ao desenvolvimento agrícola nacional. A perspectiva é de atender aproximadamente 6.000 propriedades rurais de médio e pequeno porte, voltadas para o setor do agronegócio.

Participaram da reunião o superintendente do Senar-MA, Luiz Figueiredo; o diretor do Sebrae-MA, José Morais; e os técnicos coordenadores do projeto, Geovana Figueiredo e Nicolau Barros.

“Com base nesse programa financiado pela parceria Senar/Sebrae, espera-se estabelecer um maior alinhamento entre as ações desses entes, criando dinamismo no setor rural desses estados, atendendo às necessidades dos médios e pequenos produtores rurais”, afirmou Luiz Figueiredo.

O projeto Mapito pretende restabelecer parâmetros que permitam desenvolver o trabalho da assistência técnica por metas pré-estabelecidas. A região do “Mapito”, onde Maranhão, Tocantins e Piauí convergem numa imensa área de terras agricultáveis é uma promissora fronteira agrícola do País.