Menu fechado

Senar leva conhecimento aos produtores de Sítio Novo durante Dia de Campo

Print Friendly, PDF & Email

Seguindo a proposta de realizar ações em favor dos produtores rurais, o sistema Faema/Senar, juntamente com o Sindicato dos Produtores Rurais de Grajaú, Prefeitura de Sítio Novo, Sebrae e parceiros, acaba de realizar mais um Dia de Campo no município de Sítio Novo, distante cerca de 580 quilômetros da capital maranhense.

Luiz Figueirêdo do Senar, fala da importância do conhecimento ao produtor rural.

A iniciativa deu-se na Chácara Modelo, Unidade Produtiva do produtor rural José Ilson Maciel (Zé da Pamonha), assistido pelo Senar, dentro do programa Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), na cadeia da Bovinocultura de Leite (Sindicato Forte).

A ação composta por duas importantes palestras, levou aos presentes temas relevantes para o produtor rural. A primeira delas: ‘Processos de confecção do silo de capiaçu’, foi ministrada pelo supervisor técnico do Senar, Kayro Puça, com a colaboração do técnico de campo, responsável pelo atendimento na propriedade, Leandro Passos.

Já a segunda, ministrada pelo zootecnista e mestre em produção animal, Edson Simielli, tratou sobre ‘A importância do reprodutor zebuíno puro de origem, no rebanho comercial’. O evento agropecuário atraiu centenas de pessoas do município e cidades adjacentes. Destaque para as caravanas de produtores rurais dos municípios de Grajaú, Barra do Corda e São Raimundo das Mangabeiras.

A instituição foi representada pelo superintendente do Senar, Luiz Figueiredo. Presente estava também o presidente licenciado do sistema Faema/Senar, Raimundo Coelho. O prefeito Antônio Coelho fez as honras, recebendo a todos com a sua equipe de trabalho.

José Ilson, o Zé da Pamonha, destaca o avanço da sua produção, depois da ATEG.

Da Câmara Municipal, participou o presidente Uimar Diniz, assim como o secretário de Agricultura municipal, Domingos Nova, o diretor regional do Sebrae, André Veras, além de estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), representantes das prefeituras, profissionais e convidados.

O coordenador regional de ATEG do Senar, Egon Bastos e equipe em consonância com o Sindicato Rural (Raimundo Simas) e prefeitura municipal, foram os responsáveis pela realização da atividade.

Tecnologias

“Eu vi uma porta abrir com o Senar. Antes, eu achava que não havia alternativa. Hoje a minha realidade é outra. Com as tecnologias trazidas até mim, mudei a minha visão. Posso garantir que a minha renda melhorou em 60%. Trabalho agora com segurança, produzindo com qualidade. Sou grato a esta instituição que a cada dia está trazendo oportunidade para mim e a outros que também necessitam”, ressaltou o produtor anfitrião, José Ilson, após falar em público da sua experiência.

Ilson mantém em sua pequena propriedade, queijo e outros derivados do leite, rapadura, frango e ovos caipira e pamonha, além de criar suínos, produzir linguiça caseira e plantar feijão irrigado. Toda esta produção é vendida na feira da cidade e é responsável pelo sustento da família.

Equipe de técnicos do Senar.

O prefeito falou na ocasião da felicidade de proporcionar aos produtores rurais, o Dia de Campo com conhecimento e capacitação, por meio do Senar.

“A gente sabe como é importante o produtor rural para o desenvolvimento do nosso município, para o nosso país e a gente poder dar o apoio necessário através da Secretaria de Agricultura. É importante ainda a presença e a contribuição de representantes das diversas entidades que aqui estão, colaborando conosco neste Dia de Campo, motivando os nossos produtores rurais”, frisou o gestor municipal e produtor rural.

O superintendente Luiz Figueiredo, contente com o resultado do trabalho, incentivou os presentes a investir em suas propriedades e buscar conhecimento junto ao Senar.

“O Senar está presente onde o produtor rural está. Portanto, a nossa satisfação é ver o homem do campo, como o José Ilson, empreendendo em sua produção, com conhecimento e trabalho”, ressaltou ele.