Menu fechado

Senar firma parceria para capacitar jovens da zona rural de São Luis

Print Friendly, PDF & Email
Publicação Frango
Superintendente do Senar, Luiz Figueiredo recebe representantes da empresa Santa Izabel

Vinte estudantes da zona rural de São Luis começam no próximo mês de março, suas aulas no programa Jovem Aprendiz Rural.  Eles passam pela capacitação do SENAR, no turno inverso ao de sua formação escolar no Ensino Médio, na empresa Santa Izabel  Alimentos Ltda, (Frango Americano). A parceria para a implantação de nova turma foi firmada esta semana em uma reunião, na sede desta instituição, entre o superintendente, Luiz Figueiredo, a gerente de Formação Profissional Rural, (FPR), Yolanda Gomes, do Senar –  a Chefe de RH Kercylenne Bruzaca e Rafael Monroe, da Santa Izabel..

A ênfase será nos    cursos de avicultura de corte e auxiliar administrativo financeiro com duração de um ano. A referida  empresa  por três anos consecutivos firma parceria para o desenvolvimento desse projeto que tem atendido a jovens moradores dos municípios de Paço do Lumiar e São José de Ribamar. Grande parte deles são filhos dos empregados da empresa.

Escritórios

No curso de avicultura, os jovens recebem informações a respeito do manejo sanitário, alimentação, controle e comercialização. Já no curso de auxiliar administrativo financeiro, eles são treinados para atenderem em escritórios.

O programa Jovem Aprendiz Rural foi lançado pelo SENAR para atender as exigências do governo federal (Ministério do Trabalho e Emprego – MTE) no que tange à Lei nº 10, 000/2002 e consiste em preparar jovens para o mercado de trabalho em consonância com as necessidades das empresas que exploram atividades rurais, e os requisitos da legislação em vigor.

Neste caso, o empreendimento é voltado basicamente a adolescente ou jovem de 14 a 24 anos completos e incompletos, preferencialmente,  filho de família do trabalhador ou de produtor rural, que tenha  concluído ou esteja cursando regularmente o ensino fundamental ou médio, matriculado em curso de aprendizagem com vínculo empregatício caracterizado por contrato de aprendizagem, conforme previsto na legislação.

O Senar, com este projeto, objetiva realizar a Formação Profissional Rural, (FPR), com metodologia de ensino voltada aos aprendizes, capacitando-os para o ingresso no mercado de trabalho. O curso técnico é destinado aos jovens que queiram ingressar em atividades agropastoris, com capacidade para atender a sua comunidade, ganhando um ofício e melhorando a renda de sua família.

Os participantes deste tipo de capacitação recebem aulas teóricas e práticas dentro das instalações da empresa, podendo, ao final do curso, aqueles que melhor se destacar serem contratados para exercer a função como empregada dentro do estabelecimento. Enquanto alunos, eles recebem meio salário mínimo que os mantêm em suas atividades.