Menu fechado

Senar e parceiros lançam no mercado de trabalho técnicos em Agronegócio

Print Friendly, PDF & Email
Raimundo Coelho, Alexandre Camapum, Ana Paula Brito, prefeita Iriane Gonçalo e secretário municipal, juntos na foto com os formandos.

Em solenidade ocorrida na noite desse sábado (20), no auditório da Fundação José Gonçalo, o Senar em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Pastos Bons e a Prefeitura Municipal, lançou no mercado de trabalho vinte novos técnicos em Agronegócio.

Esse grupo de novos profissionais integra a primeira turma do polo da Rede e-Tec de Pastos Bons, que iniciou as suas atividades em março de 2017, com aulas teóricas e práticas (curso semipresencial), realizadas no município por instrutores do Senar. Participaram dessa primeira turma, além de alunos do próprio município de Pastos Bons, outros de Nova Iorque e Paraibano.

No ato solene, estavam presentes a prefeita Iriane Gonçalo, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Alexandre Camapum Neto – homenageado pela turma -, o presidente do sistema Faema/Senar, Raimundo Coelho, o superintendente do Senar, Luiz Figueiredo, a coordenadora do polo, Ana Paula Brito Sousa, secretários municipais, familiares e convidados.

Satisfeitos com o resultado alcançado, os alunos solicitaram das autoridades presentes a instalação e funcionamento da faculdade de Agronegócio por meio da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), para que haja continuidade à formação, tendo em vista, que esse curso médio contribuiu para o fortalecimento do setor agrossilvipastoril naquela região.

:Luiz Figueirêdo, do Senar com o agora, técnico em Agronegócio.

Gestão e comercialização

O curso técnico em Agronegócio tem por objetivo, formar profissionais habilitados na aplicação dos procedimentos de gestão que envolvem as ações ligadas ao agronegócio, visando os diferentes segmentos e cadeias produtivas da agropecuária brasileira. O curso técnico em Agronegócio vem há três anos formando técnicos qualificados para o mercado de trabalho no meio rural do Estado.

Com a formação, o profissional tem vários campos de atuação, como por exemplo: em empresas comerciais de produtos agropecuários, estabelecimentos agroindustriais, serviços de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, revendas, consultorias e empresas de fomento. O curso, é resultado da parceria entre o Senar e a Rede E-Tec Brasil do Ministério da Educação (MEC).

Leandro Sousa Sales, de 24 anos, orador da turma, destacou em seu discurso, a necessidade de ser implantada uma faculdade para formação superior dentro desse segmento rural. Confiante e agradecido, destacou o papel do Senar no processo, bem como as parceiras estabelecidas que estão contribuindo para a formação de jovens ávidos por conhecimento.

“É uma emoção muito grande, me formar como técnico em Agronegócio. O Senar foi uma luz, pois a partir do momento em que ele trouxe o curso a esse polo, mostrou novas formas de ver a vida. Me sinto muito feliz em ser técnico em agronegócio, hoje, e poder colaborar com o Maranhão e com o Brasil”, ressaltou o novo profissional do agronegócio.

Para a prefeita, Iriane Gonçalo, o momento é comemoração pela formação de jovens e a oportunidade de vê-los encarando o mercado de trabalho, prontos, com conhecimento adequados para ajudar a região.

Autoridades e parceiros do Senar, durante a solenidade de formatura.

“Me sinto muito feliz e realizada como patronesse da primeira turma do curso de técnico em agronegócio, afinal, educação é uma das alavancas para que a sociedade se desenvolva. Agradeço ao Senar pela parceria, e estaremos sempre prontos para ajudar os parceiros que queiram se juntar à nós, para promover a melhoria de nosso povo”, frisou a gestora municipal.

Para Camapum Neto, homenageado pela turma, uma grande emoção tomou conta de sua vida, ao ser escolhido para levar o nome da 1ª turma do polo da Rede e-Tec de Pastos Bons.

“Me sinto muito gratificado em poder fazer parte de um momento tão importante para os jovens do município e para o agronegócio da região sul do Maranhão”, disse ele.

“É de grande importância para o Senar, para a região de Pastos Bons e para o Estado, poder contar com vinte novos profissionais do agronegócio, aptos a exercer sua nova profissão nas fronteiras agrícolas dessa região Sul maranhense, que cresce a cada ano. Com certeza, a região vai ter muito a lucrar com esse exército de jovens preparados para dinamizar ainda mais essa agropecuária local e regional”, destacou Luiz Figueirêdo.