Menu fechado

Senar e instituições integram Comitê Gestor do Agropolo da Ilha

Print Friendly, PDF & Email
Émerson Galvão e   Rosany Aranha, ambos da Sagrima, comandam reunião.
Émerson Galvão e Rosany Aranha, ambos da Sagrima, comandam reunião.

O serviço Nacional de Aprendizagem Rural, (Senar), por meio do gerente de Assistência Técnica e Extensão Rural, Epitácio Rocha, participou juntamente com diversos representantes de instituições governamentais, municipais, federais e sociais, da formação do Comitê Gestor do Agropolo da Ilha, cuja função é acompanhar e deliberar ações para o desenvolvimento do programa.

O projeto Agropolo é uma iniciativa do governo estadual, implantado pela Secretaria de Agricultura  e Pecuária, (Sagrima), com o apoio do Senar, das prefeituras dos municípios de São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa, universidades, sindicatos, associações, bancos oficiais e Embrapa.  Sua função é potencializar a hortifruticultura e a criação de aves em 40 unidades produtivas da grande ilha.

 Secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Márcio Honaiser em reunião com participantes  do Comitê.
Secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Márcio Honaiser em reunião com participantes do Comitê.

O  primeiro Agropolo do projeto tem duas centrais, sendo a primeira de processamento de hortaliças e polpa de frutas e a segunda de produção de mudas hortícolas e frutíferas com minifábrica de biofertilizante, minifábrica de compostagem, minhocário e estufas, matadouro de aves com padronização de cortes. Os produtores terão acesso à assistência técnica e qualificação em gestão para os produtores.

Os agropolos são espaços geográficos, nos quais produtores rurais, agroindustriais, instituições públicas, privadas e serviços especializados desenvolvem ações, de forma integrada, para desenvolver suas vocações produtivas e para fomentar a cultura da inovação e do empreendedorismo.

O trabalho, voltado para as 10 cadeias produtivas definidas como prioritárias pelo programa “Mais Produção”, será realizado de acordo com a vocação de cada agropolo.