Menu fechado

Senar capacita profissionais para atender produtor rural

Print Friendly, PDF & Email

.

Superintendente Luiz Figueiredo encerra treinamento para instrutores
Superintendente Luiz Figueiredo encerra treinamento para instrutores

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, (Senar), encerrou nesta sexta, (26), o Treinamento de Metodologia da Formação Profissional Rural, (FPR) e Promoção Social, (PS), para novos instrutores. A capacitação ocorreu em sua sede, em São Luís e reuniu uma turma multiprofissional para atuar em diversas áreas do meio rural.

Vinte e uma pessoas  tanto da capital, quanto do interior do estado receberam orientações  quanto à contextualização da instituição, ao tempo que identificaram aspectos legais, técnicos  e institucionais, bem como, o processo da FPR  e da PS, observando  especificidades do mercado de trabalho, ofertas formativas e estrutura ocupacional do Senar, além de outras nuances  da metodologia  institucional do Senar.

Seguindo o  cronograma montado por técnicos do Senar, este tipo de curso acontece  em média duas vezes ao ano, variando de acordo com a necessidade no campo. O seu objetivo é que haja o repasse pelos instrutores do Senar Central – responsável pela metodologia  aplicada em sala de aula -, dos fundamentos educacionais para a  melhoria da qualidade de vida do homem rural.

“O participante que vem de uma formação acadêmica muito técnica, e está entrando em uma escola de capacitação como o Senar, e para isso precisa se aprimorar no processo de ensino-aprendizagem entendendo que é   fundamental para as pessoas do meio rural”, destacou a pedagoga e assessora técnica do Senar Central, Deimiluce Lopes Fontes Coaracy.

No entendimento do engenheiro agrônomo, Egon Bastos de Oliveira, o curso mostrou tudo o que o instrutor precisa para atender ao produtor rural. “Foi muito bom, porque se conhece a metodologia do Senar e os participantes saem ganhando tanto na vida social, quanto na a profissional”, disse ele.

Opinião compartilhada com a gestora ambiental, Márcia Fonseca Santos. “O que vamos levar daqui é o nome do Senar. E este curso vai servir para a minha vida profissional, em qualquer lugar onde eu trabalhar”, afirmou a nova instrutora.