Menu fechado

Raimundo Coelho toma posse como presidente da Federação de Agricultura do Maranhão

Print Friendly, PDF & Email

.

Raimundo Coelho discursa como novo presidente da Faema ao lado de autoridades estaduais
Raimundo Coelho discursa como novo presidente da Faema ao lado de autoridades estaduais

A Federação de Agricultura do Maranhão, (Faema), empossou nesta segunda, (24), sua nova diretoria tendo como titular, o engenheiro agrônomo e ex-secretário adjunto da Agricultura, Raimundo Coelho, que retorna ao posto de presidente depois  de desenvolver diversos trabalhos no setor agropecuário do estado.

A posse ocorreu na sede da Faema/Senar, em São Luís, na presença  de  representantes dos diversos setores produtivos, tanto da iniciativa privada quanto governamental. Destaque para secretários estaduais, gestores de entidades agropecuária, dirigentes sindicais,  produtores rurais, vereadores (de Fortuna-MA), instrutores, funcionários e convidados.

Com programação diversificada, o evento teve início com a palestra “Proteção de Nascentes. Na oportunidade, foi lançado o  1º concurso de proteção de nascentes, com o tema: “Proteja uma nascente em um dia” – iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, (Senar Central). O certame é voltado  aos  sindicatos dos produtores rurais.

Parceria

No ato da posse, o secretário de estado da Agricultura, Márcio Honaiser, representando o governador Flávio Dino, falou da importância da agricultura e pecuária para o Maranhão. Honaiser destacou a parceria com a Faema e com os sindicatos, lembrou da  experiência do novo presidente como homem do agronegócio no estado.

“A experiência de Raimundo vem de décadas. Essa parceria Faema, sindicatos e governo estadual é fundamental  para o desenvolvimento do Maranhão”, disse ele.

Também presente na ocasião, o vice-presidente da Confederação Nacional da Agricultura, (CNA) e presidente da Federação da Agricultura da Paraíba, Márcio Borba, parabenizou Raimundo Coelho e toda a sua diretoria. Fez um balanço da produção agropecuária no Brasil e no mundo e ressaltou o papel da Faema, no estado.

“O Maranhão é promissor, rico em recursos naturais e como gestores deste setor, temos a responsabilidade de ajudar no seu desenvolvimento, e a Faema juntamente com o Senar, já faz isso com grande categoria”, disse ao tempo que parabenizou toda a equipe  empossada. “Ponho-me à disposição de toda essa diretoria”.

Prestígio

Emocionado pelo prestígio, Raimundo Coelho agradeceu à presença  de todos e especialmente aos parceiros da instituição, colaboradores, dirigentes sindicatos, funcionários, e ao seu antecessor, José Hilton Coelho de Sousa, onde, segundo ele, conduziu a Federação com muita garra e determinação, tendo como meta principal a melhoria do segmento agropecuário e consequentemente, da qualidade de vida do homem do campo.

O novo presidente destacou a presença do Ministério da Agricultura, (MAPA), por meio do Superintendente Federal da Agricultura, (SFA),  Antônio José dos Santos, representando a ministra Kátia Abreu, e do vice-presidente do CNA, Mário Borba, que representou na ocasião, o presidente João Martins.

“Por alguns anos tive que me afastar da Casa, mas quero aqui registrar que  o meu trabalho é a política do setor  agropecuário”, disse Raimundo Coelho,  ressaltando, o papel da Faema e do Senar junto à sociedade.

“O Senar foi criado com a perspectiva  de aplicar a tecnologia no campo com capacitação  rural  e promoção social. Com isso, posso dizer que o sistema Faema/Senar nos últimos anos desenvolveu em todo o estado uma política de melhoria de vida a milhares de produtores rurais por meio de capacitação. Certamente, essa é a maior contribuição que uma instituição como a nossa, pode dar”.

Prestigiaram o evento, o presidente da Federação da Indústria do Maranhão, Edilson Baldez, (Fiema), da Associação Comercial do Maranhão, Luzia Rezende, (ACM), Associação dos Criadores, José Assub Filho, (Ascem),  Sindicato das Indústrias de Ferro Gusa do Maranhão, Cláducio Azevedo,  (Sinfema), o secretário da Agricultura do Estado, Márcio Honaiser, (Sagrima), Indústria e Comércio, Simplício Araújo, (Seinc), Secretaria do Meio Ambiente, Marcelo Coelho, (Sema), Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão, Sebastião Anchieta, (Aged), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária,  Fortunato Macêdo, (Agerp), Instituto de Colonização e Terras, Francisco Silva Freitas, (Iterma), presidente do Instituto de Agronegócios do Maranhão,  José Reis Ataíde, (Inagro), Superintendência da Delegacia Federal do Ministério da Agricultura,  José Antônio dos Santos, (SFA-MA), diretor superintendente do Sebrae, João Batista Martins, o vice-presidente da Confederação Nacional de Agricultura, Mário Borba, (CNA),   os secretários-adjuntos da Sagrima, Edjailson Sousa,  e de Planejamento, Marco Aurélio de Sousa Martins.