Menu fechado

Propriedade rural em Imperatriz aumenta produção de leite após assistência técnica do Senar

Print Friendly, PDF & Email

A Fazenda Viva Deus III, localizada no povoado Petrolina, em Imperatriz (MA), tem obtido excelentes resultados das tecnologias aplicadas dentro do programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar Maranhão, pelos engenheiros agrônomos Felipe Fontes (técnico de campo) e Michael Douglas (supervisor), sob a coordenação regional de Egon Bastos, que tem conduzido o programa Retorno Certo em dezenas de propriedades rurais na região sul do Estado.

No local, o trabalho foi iniciado pela equipe técnica da instituição em 2019, com foco principalmente na recuperação de áreas degradadas, sistema de pastejo rotacionado e investimento em rotação de cultura com agricultura temporária (milho e feijão). A propriedade desenvolve atualmente as atividades: bovinocultura de corte e de leite.

Essa iniciativa levou a outras ações em favor da fazenda, como por exemplo,  investimento em forrageiras (BRS, capiaçu, capim pioneiro, BRS kurumim e capim napiê roxo) e a capacitação dos 17 funcionários  da Fazenda em diversos cursos do Senar ligados à cadeia produtiva da bovinocultura.

Os treinamentos foram levados pelos técnicos Michael Douglas (supervisor) e Felipe  (técnico de campo), após a  introdução das tecnologias no local, atendendo à solicitação de – Genialda da Silva e Edegilson  da Silva Castro, ambos administradores da propriedade, que tem tocado os trabalhos com muito comprometimento e visão estratégica de mercado.

Os trabalhadores foram capacitados em: Inseminação artificial, Manejo reprodutivo e sanitário e brevemente serão em Operação e Manutenção de Máquinas Agrícolas, previsto para os próximos meses. O empreendimento agropecuário é uma sucessão familiar, herdada pela produtora rural Genialda da Silva que recebeu como herança do seu pai, Antônio Batista do Nascimento (Tota), que chegou ao Maranhão (Imperatriz), em 1970.  .

Associação

Com a presença do Senar na propriedade, a família Silva aumentou significativamente a produção de leite, ultrapassando no período entre 2019 a dezembro de 2020, mais de 60 mil litros/ano. Uma outra vantagem conseguida, segundo a equipe técnica do Senar, foi a participação de Edegilson na Associação dos Produtores de Leite da Estrada do Arroz (APLEA), fundada a dois anos, com o intuito de favorecer o grupo e criar dinâmica na venda do leite e compra de insumos para aumentar a produção.

“A chegada do Senar para a nossa propriedade, foi de fundamental importância. Nós, produtores rurais assistidos por uma instituição tão importante, nos sentimos valorizados e estimulados a produzir mais e melhor”, disse Edegilson, agradecido, ao tempo que destaca também o papel da APLEA, na região denominada ‘Estrada do Arroz’, em Imperatriz.

“A Associação dos Produtores de Leite da Estrada do Arroz tem nos ajudado ao longo dos anos, a comercializar o leite e  também a comprar os insumos necessários. Por meio dela, a gente consegue vender o nosso produto com um preço melhor. Conseguimos também comprar insumos para a propriedade com menor custo, tudo isso, melhorando a nossa lucratividade”, destacou ele.

Michael Douglas, supervisor da ATEG na Fazenda Viva Deus, destaca a boa vontade dos produtores em receber as orientações da equipe. Destacou também o gerenciamento da propriedade, como uma ação que tem feito a diferença, segundo ele, no trabalho de parceria entre os fazendeiros e o Senar.

“Na parte gerencial destacamos  números importantes na faixa de produção de mais de 60 mil litros/ano. Isso faz com que a atividade de leite sustente toda a economia da propriedade,  que tem dupla aptidão: corte e leite. A Dona Genialda está de parabéns, por receber a assistência técnica e gerencial do Senar,  por encarar o compromisso  e  por em prática as recomendações técnicas. Estamos satisfeitos com os resultados a curto prazo”.

Muito feliz pelo resultado do seu trabalho, Felipe Fontes, agradecemos em nome do Senar, pela boa aceitação dos proprietários assistidos. “Agradeço a Dona Genialda que abriu as portas da Fazenda  para receber a assessoria do Senar. E digo mais, se a instituição conseguiu fazer alguma mudança  na Fazenda, foi porque ela nos recebeu e implementou tudo aquilo  que a gente trouxe como ideia”, ressaltou.

Assessoria de Comunicação do sistema Faema/Senar

contatos: 3311-3179/ 98-98712-4228.

senar-ma.org.br/

facebook.com/faema.senar/