Menu fechado

Programa CNA Jovem do Senar é encerrado com seleção de jovens

Print Friendly, PDF & Email

Três deles participarão  de  cinco etapas nacionais em Brasília as partir de julho

 

Participantes de todas as etapas do programa CNA Jovem
Participantes de todas as etapas do programa CNA Jovem

Participantes de todas as etapas do programa CNA Jovem

A terceira etapa do CNA Jovem foi encerrada neste final de semana com a seleção de três profissionais que representarão o Maranhão em Brasília. Os  jovens Luana Almeida Torres, (engenheira agrônoma), Ludmila Nayara Ribeiro, (zootecnista) e  Lucas Gomes, (administrador de  empresas), foram os selecionados de uma turma de treze inscritos e onze finalistas oriundos de variados municípios maranhenses e da capital do estado.

Os participantes foram avaliados individualmente e coletivamente, com atividades presenciais e à distância na construção de planos e ações viáveis e compatíveis à agropecuária de seu estado. As etapas foram iniciadas no final de abril.

Os três selecionados participarão em Brasília de etapa nacional
Os três selecionados participarão em Brasília de etapa nacional

Com idade entre 22 e 30 anos, um dos principais critérios exigidos no programa foi  aptidão para liderança uma vez que   o objetivo maior é preparar jovens do meio rural para impulsionar o setor agropecuário. Por isso, os encontros realizados pelo sistema Faema/Senar, serviram para aprimorar habilidades do grupo, bem como informá-losacerca das condições da  Agropecuária no Maranhão e do  Agronegócio tendo sido ministradas, no entanto, palestras alusivas ao tema por meio do assessor técnico, César Viana e pelo superintendente da Faema, José Hilton Coelho de Sousa.

O consultor da Confederação Nacional da Agricultura, (CNA), Luiz Felipe Escalarte e  zooetecnista e empresário, Gutemberg Morais Forte Ferreira também participaram com temas relevantes à formação dos futuros executivos do agronegócio.  As equipes foram coordenadas pelos instrutores: Alana Fontenele, egressa  do CNA Jovem 2015 e Paulo Ricardo Belo. A   coordenação ficou a cargo do gestor regional,  Carlos Antônio Feitosa.

Os inscritos receberam dos instrutores, orientação quanto ao tema para o desenvolvimento do Plano de Trabalho e finalmente, Oficina de Oratória. Ao final, foram  apresentados os Planos de Trabalho individualmente, e anunciada a classificação regional.

O gestor do CNA Jovem no Maranhão, Carlos Antônio Feitosa, avalia como positiva as três etapas do programa. O sistema Faema/Senar, segundo ele,  conseguiu atingir os objetivos propostos.

Equipe de instrutores e gestor regional com participantes do CNA Jovem.
Equipe de instrutores e gestor regional com participantes do CNA Jovem.

“Para mim foi muito rico, tanto para os participantes quanto para nós que estávamos à frente do trabalho”, destacou ele, ao tempo que acrescenta ter percebido a satisfação de todos os integrantes da equipe. “Espero que eles nos representem bem em Brasília, nas   etapas que virão”, destacou ele.

Para Lucas Gomes, o programa CNA Jovem é uma oportunidade de conhecer  melhor o setor agropecuário, a economia de modo geral e representar o estado  a que pertence. “Iniciativa positiva. Oferece opções a quem tem capacidade de liderar e gerenciar projetos em benefício do agronegócio”, disse, empolgado.

Luana Almeida disse que a experiência de estar envolvida em um programa desse nível, vai ajudá-la muito profissionalmente, além de repassar seus  conhecimentos ao seu estado. “É uma integração que o CNA/Senar está fazendo no meio agro incluindo e incentivando jovens a programas tão importantes como o CNA Jovem”, ressaltou, satisfeita.