Menu fechado

Programa AgroNordeste do Senar é lançado em Timon em parceria com a prefeitura local

Print Friendly, PDF & Email

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) lançou juntamente com a Prefeitura Municipal de Timon, por meio da Secretaria de Desenvolvimento  Rural, o programa AgroNordeste, para atender os pequenos produtores rurais do município, nas cadeias produtivas de olericultura, agricultura anual, avicultura, suinocultura, ovinocaprinocultura e fruticultura.

A reunião de lançamento ocorreu na sede da secretaria parceira e contou com a presença do titular João Rodrigues Neto e com a equipe do Senar composta pelo superintendente do Senar, Luiz Figueiredo – que dirigiu a reunião, do gerente de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), Epitácio Rocha, do coordenador regional de ATeG Edvaldo Amorim, do supervisor de campo Antônio Reis, da assessora de comunicação Leocândida Rocha, além da equipe técnica de campo composta por 8 jovens profissionais, que atuarão no programa.

Luiz Figueiredo, Epitácio Rocha e o secretário Rodrigues Neto, durante lançamento do AgroNordeste.

Além do Senar, estavam presentes ainda o secretário da SDR, João Rodrigues de Azevedo Neto, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Caxias, Benedito Moura e o produtor rural futuro presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Timon (em fase de regularização), Léo Silveira.

ATeG e AgroNordeste

Seguindo os protocolos de prevenção ao Covid-19, todos os participantes usavam máscara, álcool em gel e o distanciamento seguro. O encontro presencial teve como ponto alto as informações relativas à implantação e desenvolvimento do AgroNordeste na região, discorrida pelo gerente de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), Epitácio Rocha.

Também na ocasião, foi entregue todo o material que vai compor o trabalho,assim como camisas, bonés e máscaras para o uso dentro da propriedade assistida. Na oportunidade foi apresentado o programa e suas diretrizes, as quais objetivam a assistência técnica e gerencial aos produtores locais. Nesta primeira etapa do programa AgroNordeste, os recursos são exclusivos do Senar Maranhão e Senar Central para a assistência aos produtores de Timon e Araióses.

Técnicos de campo que atuarão no programa AgroNordeste, em Timon

Já na segunda, prevista para 2021, as metas serão ampliadas para mais 750 propriedades, desta vez, com a parceria integrada do Sebrae. O programa prevê ainda o atendimento na região Mearim, cujo centro polarizador, será o município de Bacabal.

O secretário municipal, Rodrigues Neto, destacou a parceria do Senar para o fortalecimento das cadeias produtivas existentes na região, ao tempo que ressaltou o trabalho ora empreendido pela técnica do Senar, Selma Coelho.

“Pra mim é uma grande satisfação, uma ajuda deste porte, porque essa parceria só vem aumentar a abrangência do trabalho que estamos tentando desenvolver no município, que é justamente ficar mais perto do produtor melhorando sua produção, de modo a fortalecer ainda mais as cadeias produtivas. Com o trabalho da Selma que vem sendo feito desde o ano passado, já colhemos bons frutos, visto que os produtores estão motivados, e o plano deles é aumentar as suas áreas cultivadas. A intervenção da técnica junto aos produtores assistidos pelo Senar, foi de fundamental importância”, frisou Rodrigues Neto.

Supervisores de campo do Senar e técnico, participam da reunião em Timon

Para o Superintendente do Senar Luiz Figueiredo, "esse trabalho do Senar envolvendo 6 técnicos de campo em Timon, deve fortalecer as produções de hortifruti, ovinocaprinos, suinos e a avicultura básica, criando os mecanismos necessários para que essas 175 propriedades, se tornem o centro polarizador da oferta de alimentos na região, com foco principalmente no mercado de Teresina", destacou o gestor do Senar Maranhão. A assistência técnica integra as ações do programa AgroNordeste, um plano de
ação criado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) desenvolvido em parceria com órgãos vinculados à pasta e instituições como CNA, Senar, Sebrae, Embrapa, Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Agência Nacional de Energia Brasil Elétrica (Aneel), Banco do Nordeste e Banco do Brasil.