Menu fechado

Produtores rurais da região participam da ‘Rodada de Negócios’ em Imperatriz

Print Friendly, PDF & Email

A ação faz parte do programa ‘Maranhão Mais Produtivo’, que amplia novas estratégias para o agronegócio no Estado.

Estimular o empreendedorismo na região, sobretudo com o foco no agronegócio. Esse é um dos objetivos das rodadas de negócio, que são promovidas pelo programa Maranhão Mais Produtivo, através da Sedinc – Secretaria de Indústria e Comércio. Produtores rurais da região tocantina participaram da primeira rodada de negócios, realizada em Imperatriz. O evento ocorreu no Sinrural – Sindicato Rural, esta semana.

O foco da rodada de negócio foi voltado para as exportações de bovino vivo no Maranhão, prática que até então não era feita pelos produtores do Estado. Segundo Raimundo Coelho de Sousa, presidente da Federação da Agriculta e Pecuária do Estado do Maranhão – FAEMA, esse é um momento importante para o setor agropecuário. “Isso vai dar uma movimentação imensa, uma estabilidade de preço, os pecuaristas vão começar a se interessar em investir, ampliar seu negócio, melhorar seus animais, engordar bois, melhorar a genética dos nossos animais, gerar empregos. melhorar renda e movimentar o Estado” destacou.

Roberto Pereira, presidente do Sinrural, explica que para quem cria e vende a matéria-prima, a viabilização dessa operação, através do Governo do Estado, é mais uma oportunidade para o segmento. “Hoje é um momento para vermos como será o procedimento dessas negociações. Para nós, isso é muito importante, é mais um canal de comercialização do nosso produto, nós vamos ter mais opções e esperamos um melhor preço”, concluiu.

A empresa AgroExport foi a empresa âncora durante a reunião, com o foco na busca por selecionar produtores de gado de corte na região, para exportação do bovino em pé. Saulo Mendonça, superintendente na Secretaria de Indústria e Comércio, explica que em rodadas como essa há muitas oportunidades para o crescimento da área na região. “É um espaço onde colocamos os demandantes frente aos ofertantes, para que eles possam fechar negócio – essa é a grande vantagem”, disse.

As rodadas de negócios já aconteceram nas cidades de Bacabal e Açailândia e devem estimular ainda mais o setor de agronegócio no Maranhão.