Menu fechado

Novos instrutores são capacitados pelo Senar para atender demandas do setor agropecuário

Print Friendly, PDF & Email
Treinandos, instrutor, gestores do sistema Faema/Senar, Sindicato e convidados.

O Senar acaba de promover no município de Chapadinha, o curso de Operação e Manutenção de Tratores e Equipamentos Agrícolas, para profissionais do setor agropecuário. A iniciativa tem por  finalidade  preparar instrutores habilitados nessa modalidade de atividade, visando  atender as demandas dos produtores e trabalhadores rurais das diversas regiões  do Maranhão.

O curso de Operação e Manutenção de Tratores e Equipamentos Agrícolas teve a duração de 80 horas (duas semanas seguidas), e atingiu o objetivo principal de atualizar instrutores que já pertencem ao quadro de colaboradores do Senar e possuem o Curso de Metodologia da Formação Profissional Rural, com o intuito de suprir as necessidades da instituição nessa área do conhecimento, atendendo demanda reprimida dos municípios, que nas últimas décadas vêm se  fortalecendo na produção agropecuária, principalmente de grãos.

Treinandos ao final do curso e m Chapadinha.

A escolha da sede do curso, em Chapadinha, deu-se em função do acesso às máquinas agrícolas, bem como às propriedades que utilizam este tipo de equipamento, para a realização de aulas práticas. O curso foi ministrado pelo instrutor do Senar Geziel Sousa Silva, que no decorrer do treinamento mostrou técnicas de utilização em máquinas de menor e de maior potência.

Equipamentos

Segundo ele, na qualificação dos instrutores foram incluídas informações pertinentes à NR31.12, (norma responsável por garantir a segurança dos trabalhadores envolvidos na operação de máquinas e equipamentos no meio rural), regulagem de equipamentos, normas de segurança, perfil do operador junto a máquina, manutenções preventivas, simbologia e meios de aproveitamento de potência da máquina.

Instrutor Geizel, testando tratores antes da aula.

A grande finalidade do evento foi a capacitação de novos instrutores, no sentido de atender as demandas reprimidas em todo o Estado. “Fico grato por ser escolhido para ministrar esta capacitação. Destaco aqui, que a mecanização agrícola está crescendo no Brasil, e em especial, no estado do Maranhão”, salientou o instrutor.

Geziel enfatizou que existe, atualmente no mercado, grande necessidade de operadores de máquinas agrícolas, com  qualidade. “A função maior dessa capacitação é qualificar esses instrutores, para suprir o mercado de trabalho”, ressaltou.

O engenheiro agrônomo e técnico em agronegócio pelo Senar, Marcos Vinícius Nunes Ferreira, que participou dos dez dias de curso, garante que o conhecimento dado pelo Senar será, a partir de agora, um divisor de águas em sua vida.

“O Senar realmente muda a vida das pessoas, e passar para as esse público conhecimentos recebidos na capacitação, é algo fundamental”, assegurou o engenheiro, acrescentando que “quando começamos a estudar o trator e as suas performances, abrem-se novas perspectivas para o mercado. Para nós que estamos sendo treinados para a área de instrutoria, é algo fundamental essa oportunidade que o Senar está nos dando.

O superintendente do Senar, Luiz Figueiredo, declara que o curso é uma forma de suprir as deficiências por instrutores de qualidade nessa área. “Estamos criando um espaço maior para aqueles que melhor se saírem no treinamento, com aproveitamento mais intensivo dessa mão de obra qualificada”, disse o gestor.

Faema, Senar, Sindicato, Sebrae e produtores rurais, no encerramento do curso.