Menu fechado

NOTA DE PESAR

Print Friendly, PDF & Email

Há uma semana – e revelando empolgante disposição – Eduardo Campos esteve na nossa Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), mostrando aos produtores rurais sua profunda visão dos desafios e potencialidades da agropecuária brasileira. Surpreendeu-nos, tal a firmeza e destemor com que se comprometeu a combater radicalismos, a buscar o equilíbrio e a estabelecer uma agenda programática para evitar improvisações oportunistas.

A CNA não toma partido. Abriu sua sede para que os candidatos à Presidência da República, como ele, expusessem sua plataforma para a agricultura. Posso testemunhar, como seu anfitrião na qualidade de Presidente da CNA, que Eduardo Campos inspirou-nos respeito. Faço esse registro para demonstrar a emoção e pesar com que recebemos a triste notícia de sua morte. Não há dúvida de que o Brasil perdeu uma de suas mais promissoras lideranças políticas.
Brasília, 13 de agosto de 2014

João Martins da Silva Júnior
Presidente da CNA