Menu fechado

Negócio Certo Rural muda vida de produtor maranhense

Print Friendly, PDF & Email

Plantar arroz, feijão, milho e mandioca para consumo próprio não estava mais satisfazendo o produtor maranhense Genésio Rodrigues. Em abril deste ano, ele se inscreveu no programa Negócio Certo Rural (NCR), desenvolvido pelo SENAR em parceria com o Sebrae, e após o curso, passou a investir no próprio negócio: a produção e venda de galinha caipira. O produtor deu depoimento sobre seu caso de sucesso durante o encontro de gestores do NCR, realizado na sede do Sistema CNA/SENAR, em Brasília.

Genésio conta que como primeira tentativa de desenvolver o próprio negócio investiu na área de piscicultura. Em conjunto com o sogro, criou um açude com vazante na propriedade de 96 hectares para a criação de peixe, mas como não tinham noções de técnica e nem de gestão, o negócio não foi para frente. “Começamos a ter prejuízos porque não conseguíamos avaliar as perdas e os ganhos. Então eu e ele entramos para o programa Negócio Certo Rural do SENAR. Cada um criou um plano de negócio, eu em avicultura e ele em mandiocultura. No entanto, resolvemos investir no meu plano e começamos a criação de frango caipira.”

O produtor, que é técnico agrícola, explica que comprou 300 pintos, construiu galpões e atualmente se organiza para comercializar a produção em escala, vendendo para feiras, restaurantes e fornecendo também para os programas: Aquisição de Alimentos (PAA) e Alimentação Escolar (PNAE).

“Valeu muito a pena fazer o NCR. Antes dele eu tinha vontade de fazer algo, mas não tinha noções de organização e planejamento para investir. Se desse certo, ótimo, senão, teríamos que arcar com os prejuízos como foi o caso da piscicultura. Mas hoje é diferente, até uma vacina que compramos está anotada, controlamos tudo.”