Menu fechado

Moradores de Icatu são atendidos pelo programa ‘Útero é vida’ do Senar

Print Friendly, PDF & Email

Centenas de pessoas, dentre elas mulheres, homens e crianças foram atendidas com ações efetivas disponibilizadas pelo Senar e sindicatos.

O  programa ‘Útero é Vida’ do Senar,  realizada no povoado Salgado, (Icatu), neste final de semana, reuniu dezenas de pessoas, todas interessadas em participar de  exames e atendimentos  disponibilizados por esta instituição com o apoio do Sindicato dos Produtores Rurais de Icatu e do Sindicato dos Produtores Rurais de Rosário.

O médico  e produtor rural, Juarez Lima coordenou o trabalho médico juntamente com enfermeiras,  técnicos e  voluntários. Cerca de 120 mulheres se submeteram ao exame de colo de útero e  300 homens ao exame de próstata. Também no local, foram realizadas ultrassonografias em mulheres grávidas, e transvaginais. Grande parte dos pacientes receberam  medicamentos.

Aplicação de flúor em crianças com orientação sobre escovação, entrega de kit contendo produtos de higiene e beleza, foram atividades que movimentaram a comunidade e  que chamaram a atenção dos moradores  de localidades vizinhas, como por exemplo: Boavista dos Monroe, São Paulo, Cabral, Itatuaba, Bom Gosto, Centro do Meio e Mata.

Antes, porém, de se submeterem aos exames, mulheres e mulheres participaram de palestras com temas sobre câncer de próstata, endométrio e  útero. A equipe médica falou ainda da  importância da agricultura e saúde.

“Eu entendo que o trabalho que o Senar e os sindicatos vêm fazendo no Maranhão, por meio do programa ‘Útero é vida’ é uma revolução, porque atinge diretamente as comunidades. Aqui em Salgado, por exemplo, setenta por cento das mulheres nunca haviam feito o preventivo, e no caso dos homens, quase cem por cento nunca fizeram o preventivo de próstata”, disse, Juarez, lembrando que outra ação de grande relevância feita pelo programa desta vez, foi o encaminhamento dos pacientes – aos centros especializados, em caso positivo de câncer.

“O programa Útero é vida já vem sendo desenvolvido há alguns anos no meio rural e principalmente em  municípios  onde a cobertura do exame preventivo de câncer de útero ainda é insipiente”, ressaltou o superintendente do Senar, Luiz Figueiredo, afirmando  a efetividade das ações por meio da parceria entre o Senar e os sindicatos dos Produtores Rurais dos diversos municípios maranhenses.

Para Nilcilene Borges, produtora rural, moradora de Salgado, os exames são fundamentais para a saúde da mulher, assim como as capacitações, algumas delas já aplicadas no povoado com sucesso. “O Senar está de parabéns. Fico maravilhada e espero que muitas  outras ações do Senar possam vi pra cá, pois será muito bem vindo”,