Menu fechado

Jovens capacitados pelo Senar são contratados por empresa parceira

Print Friendly, PDF & Email
Abertura da turma matutino

Por meio do programa Aprendizagem Rural  do Senar (Jovem Aprendiz Rural), mais de 30 jovens acabam de receber certificados de conclusão e estão aptos ao emprego. A solenidade de entrega ocorreu na sede do Sindicato dos Produtores Rurais de Balsas, esta semana, com a presença do Superintendente do Senar, Luiz Figueiredo, da Coordenadora de Educação Formal do Senar, Yolanda Gomes, do presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Balsas, Daniel Lech e dos representantes da SLC Agrícola, Patrício Tavares e Manuel Machado.

O curso é fruto de uma parceria entre o Senar, Sindicato dos Produtores Rurais de Balsas – Sindibalsas, e as empresas SLC Agrícola e Notaro Alimentos, que têm se destacado no programa com vistas a  capacitar jovens do meio rural, preparando-os para o mercado de trabalho.

Entrega de certificados

O programa tem por objetivo incluir, capacitar e promover o desenvolvimento profissional de jovens, oportunizando a formação profissional rural, capacitando-os para o ingresso no mercado de trabalho, através de programação elaborada nos termos da Lei 10.097/2000.

Com duração de um ano, o curso é dividido em três etapas: Núcleo Básico, Específico e Prática Profissional, levando o slogan do Senar, “aprender a fazer fazendo”.

Contratação

Durante os 12 meses de treinamento, sete jovens se destacaram e alcançaram uma nova etapa, a contratação. Ana Vitória Rocha é uma das que galgou o último patamar do processo. Logo após o encerramento do curso, foi admitida como auxiliar de manutenção pela SLC Agrícola.

Abertura da turma vespertino

“Eu diria que sou parte de telemetria da manutenção. Estou à frente das tecnologias que tem na manutenção, tais como: monitoramento de máquinas agrícolas, monitoramento dos mecânicos, acompanhamento do rendimento dos mesmos, controle de combustível e suporte aos mecânicos nos treinamentos da John Deere”, confirma Ana, feliz com o resultado.

A dica de Ana Rocha para os futuros participantes se resume apenas em uma palavra: Dedicação. “Me dediquei ao máximo nas aulas teóricas, foi uma experiência muito boa para a minha carreira profissional, foi a minha primeira oportunidade de emprego, e eu pude agarrar”, declara.

Se depender da nova aluna, Mariele Lima, todos os desafios serão atendidos com excelência, pois garante que está determinada a aprender muito e alcançar todos os objetivos.

De acordo com Patrício Tavares, da empresa parceira, quando um ciclo se encerra, novos começam, e foi assim com o programa que teve continuidade com a abertura de duas novas turmas.

“Para esses novos alunos, esperamos muita motivação, curiosidade e ambição. Que eles aproveitem e absorvam o máximo de conhecimento que eles puderem”, destaca.

Davi Sousa, coordenador de RH da SLC Agrícola, ressalta a parceria com o Senar para a qualificação dos jovens rurais de Balsas. “A nossa parceria já vem durando cinco anos com o programa de Aprendizagem Rural, esta é a terceira turma que finaliza, abrindo agora a quarta, que iniciou no último dia 07. E quando eles se formam, a gente tem aquele sentimento de que nós, enquanto empresa, podemos contribuir com o desenvolvimento da carreira deles”, afirmou ele.

No entendimento  do Superintendente do Senar, Luiz Figueirêdo, esse programa de inclusão do jovem rural no primeiro emprego, na forma de capacitação técnica e preparo para o mercado de trabalho, permite aos participantes experimentarem além do conhecimento diferenciado, o exercício das atividades cotidianas dentro da empresa como funcionário.

“É um programa fundamental para abrir as portas desse mercado tão seletivo e competitivo”, afirmou o gestor.