Menu fechado

Inscrições para o Curso Técnico em Agronegócio do SENAR podem ser feitas até o dia 24

Print Friendly, PDF & Email

O curso abre as portas para um mercado de trabalho em franca expansão

Mais de sete mil candidatos já estão concorrendo as 1.981 vagas oferecidas para o Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR). Para Daniel Carrara, secretário executivo do SENAR, a grande procura é motivada pelo fato de ser um curso de qualidade, totalmente gratuito, quase todo na modalidade a distância e, ainda, por abrir as portas de um mercado de trabalho em crescente expansão.

Esse curso tem diferenciais importantes. É um curso formal, com certificado reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e tem a qualidade SENAR, hoje considerado a maior escola da Terra, atuando já há 23 anos na formação profissional rural. Além disso, funciona na metodologia semipresencial, em que o aluno assiste 80% das aulas em sua própria casa ou nos sindicatos rurais. Os 20% restantes são de aulas práticas, para garantir a capacitação adequada. Essa é, sem dúvida, a nossa expertise, cursos voltados para o produtor e o técnico, com muita atividade prática”.

As aulas presenciais são realizadas nos 42 polos de apoio já instalados pelo SENAR Administração Centrale suas Administrações Regionais nos estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Sergipe, Tocantins e no Distrito Federal. As inscrições para o exame de seleção podem ser feitas até o próximo dia 24 no portal  http://etec.senar.org.br/, onde as provas estão sendo aplicadas nos polos até o dia 28 de julho. Como exame é individual, o candidato define o local da prova, dia e hora no ato da inscrição.  Para mais informações, os interessados podem ligar no 0800 642 0999.

Formação de gestores para o mercado em expansão
O curso oferecido pela Rede e-Tec Brasil no SENAR é um programa de educação técnica a distância que pretende desencadear grandes transformações no meio rural brasileiro. “A educação de qualidade é a forma mais eficiente de inclusão social e melhoria da qualidade de vida no campo” – afirma Daniel Carrara. Ele explica que o curso Técnico em Agronegócio é especialmente voltado para a formação de gestores.

“O setor agropecuário é hoje o carro-chefe da economia nacional e precisa de técnicos que saibam gerir com eficiência a propriedade rural. Esse profissional está em falta no mercado e o produtor precisa muito dele para melhorar sua produtividade e lucratividade. O produtor rural sabe trabalhar bem, atualmente já tem acesso às novas tecnologias, mas muitas vezes não entende e não quer lidar com os processos administrativos. Para isso, ele precisa de um técnico com visão empreendedora. Nossa proposta é forma gestores que sejam parceiros dos produtores para alavancar os negócios”.