Menu fechado

Iniciada a capacitação de agricultores, estudantes e tratadores de animais na Expoema

Print Friendly, PDF & Email
Curso de Doma Racional, do Senar

O início das capacitações promovidas pelo Governo do Maranhão durante a 60ª Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema) foi marcado pela variedade de público. Estudantes de Veterinária e Zootecnia, agricultores e tratadores de animais participaram de cursos e palestras oferecidos por meio da parceria entre Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), as Agências Estaduais de Defesa Agropecuária (Aged) e Pesquisa e Extensão Rural (Agerp) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

 As atividades começam às 6h da manhã, com as palestras para tratadores, a primeira delas sobre o risco da alimentação de ruminantes com cama de frango. Ao longo do dia, a palestra “Impactos do uso de agrotóxicos na saúde humana e do meio ambiente” mostrou aos agricultores da Ilha de São Luís os cuidados no manuseio do insumo.

Simultaneamente, o curso de doma racional de animais, que acontece até sexta-feira, mostrou a estudantes as novas técnicas para lidar com equinos e muares, como explica o instrutor Vitor de Araújo. “A ideia de trazer esse curso é mudar essa mentalidade da doma com violência e imposição ao animal. Vamos trabalhando linguagem corporal e liderança sobre o cavalo, a criação de um laço de confiança com o animal”, disse.

Nesta quarta, se iniciam os cursos de silagem, irrigação e drenagem e criação de abelhas nativas, além das oficinas de beneficiamento de pescado, realizada em parceria com o SESI, e de produção do Biofertilizante Verdão.

Para o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser, a difusão de conhecimentos e tecnologias é missão do governo estadual, além de ser um dos pilares do novo formato da Expoema. “Os produtores maranhenses tem uma enorme vontade de trabalhar e aumentar sua produção, só precisam da assistência adequada, para melhor utilizar os equipamentos e as tecnologias disponíveis. Esse é o nosso trabalho enquanto governo, ajudando os pequenos a se tornarem grandes”, disse.

 

Texto: Ascom Sagrima