Menu fechado

Gestor do sistema Faema/Senar apresenta ações do setor rural a  produtores  

Print Friendly, PDF & Email
Instrutora do Senar ministra Oficina durante a Agritec

O presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema), Raimundo Coelho visitou o estande do Senar durante a  Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia  do Território do Vale do Pindaré (Agritec Santa Luzia),  realizada em Santa Luzia.

Coelho participou do encerramento do evento, acompanhado pela deputada federal Luana Costa, do secretário estadual de Agricultura, Márcio Honaiser, do secretário-adjunto da Secretaria de Agricultura Familiar (Saf), Chico Sales, da prefeita de Santa Luzia, França do Macaquinho, de prefeitos dos municípios vizinhos e de representantes de entidades ligadas ao setor produtivo rural.

Na ocasião, ele apresentou às autoridades as ações do Senar, desenvolvidas durante a Feira, com destaque para a Oficina de Aproveitamento Integral da Abóbora, do milho, do tomate e da mandioca, ministrada pela instrutora Maria da Glória Pedreiro às produtoras rurais daquele município e região.

Raimundo Coelho e o gestor da Sagrima, Márcio Honaiser no encerramento do evento.

Após a finalização oficial da Feira, Coelho e Honaiser seguiram para Santa Inês, onde foram homenageados pelo presidente do Sindicato dos Produtores Rurais,  Antônio Oliveira Santiago  com um almoço – que teve como convidados também, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Monção, Jonsson Matos dos Santos e a presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Pindaré-Mirim, Káthia Morais Santos e diretores sindicais.

O objetivo do encontro realizado no Viveiro de Santiago, foi discutir estratégias para a expansão das ações a serem realizadas nas comunidades  rurais dos municípios atendidos pelo programa Agropolo, a exemplo da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) e do programa Mais Produção, especialmente nas cadeias do arroz  e piscicultura.

Pescadores

Em um terceiro momento, a  dupla seguiu para a  comunidade São João do Rosário (Rosário), onde encontrou-se com a Colônia de Pescadores reuniu cerca de duzentos associados. Foram apresentadas durante a reunião as reivindicações da categoria para a melhoria da qualidade de trabalho e de vida.

Já os gestores,  falaram das ações institucionais voltadas para o setor por meio de programas, projetos e benefícios. Ambos os dirigentes garantiram aos pescadores e pequenos produtores,  capacitações e apetrechos  de pesca, fundamentais para o desenvolvimento de suas atividades.

“Ouvir o produtor rural nesses encontros, é fundamental para que possamos expandir o trabalho do Senar e capacitar produtores para em um futuro próximo, haver  avanço em seus pequenos negócios”, ressaltou Raimundo Coelho, após conhecer de perto a realidade da comunidade rosariense.