Menu fechado

Federação e Senar treinam  mobilizadores para atender aos produtores rurais

Print Friendly, PDF & Email
Presidente da Faema/Senar, Hilton Coelho, superintendente Luiz Figueiredo, instrutor Ricardo Martim e a coordenadora dos programas FPS e OS, Yolanda Batista.
Presidente da Faema/Senar, Hilton Coelho, superintendente Luiz Figueiredo, instrutor Ricardo Martim e a coordenadora dos programas FPS e OS, Yolanda Batista.

Com vistas a melhorar o atendimento do produtor rural, a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão, (Faema) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Maranhão, (Senar-MA), realiza esta semana,  o curso Formação Profissional para   mobilizadores.

Cerca de vinte pessoas de variados municípios maranhenses participam do curso  que tem como principal objetivo qualificar os mobilizadores para atender ao produtor rural no campo, seguindo as diretrizes  do Senar, com orientações  sobre formação deste segmento.

De acordo com os gestores  do sistema Faema/Senar, o mobilizador é  a figura responsável  pela escolha do público e a seleção dos aluno, indicando ao Senar as demandas necessárias para  cada município ou região, ou seja, ele é um canal de comunicação permanente  junto ao Senar, e fundamental  para o desenvolvimento da produção rural em todo o Maranhão.

Os mobilizadores estão ligados diretamente ao sindicato rural da sua cidade, mas também às secretarias de agricultura, associações ou ainda sindicato dos trabalhadores.

Presidente Hilton Coelho, superintendente Luiz Figueiredo e instrutor do curso, Ricardo Martim
Presidente Hilton Coelho, superintendente Luiz Figueiredo e instrutor do curso, Ricardo Martim

“Esta é uma etapa fundamental  para a capacitação dos nosso mobilizadores”, destacou o presidente do sistema Faema/Senar, José Hilton Coelho durante abertura  do curso, na sede do Senar, em São Luís.

Para ele, promover treinamentos como este, fortalece e qualificada o trabalho da instituição. “Treinar mobilizadores para atender aos produtores rurais, que é o nosso  público, faz toda a diferença. Faz crescer em força, mas também   qualidade,  cada vez mais”, afirmou.