Menu fechado

Faema capacita técnicos para operacionalização de cadastro ambiental rural

Print Friendly, PDF & Email

Técnicos participam do segundo dia de treinamento, realizado pela Faema, para atuação nos municípios com sedes dos sindicatos dos produtores rurais.

 Abertura do treinamento no auditório da Faema
Abertura do treinamento no auditório da Faema

A Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão (Faema) realiza hoje (24) o segundo dia de treinamento dos 40 técnicos multiplicadores na operacionalização do Cadastro Ambiental Rural (CAR) dos municípios com sedes dos sindicatos dos produtores rurais e suas áreas abrangentes, entidades parceiras, além de prefeituras municipais, no auditório da entidade, no centro de São Luís.

O treinamento será ministrado pelo assessor do Serviço Florestal Brasileiro/Diretoria de Fomento e Inclusão Florestal do Ministério do Meio Ambiente, Marcelo Ramos, com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (Sema).

O CAR consiste no levantamento de informações georreferenciadas do imóvel rural, com delimitação das Áreas de Proteção Permanente (APP), Reserva Legal (RL), remanescentes de vegetação nativa, área rural consolidada, áreas de interesse social e de utilidade pública, com o objetivo de traçar um mapa digital a partir do qual são calculados os valores das áreas para diagnóstico ambiental.

De acordo com o presidente da Faema, José Hilton Coelho de Sousa, que participou da abertura do evento, o CAR é uma ferramenta importante para auxiliar no planejamento do imóvel rural e na recuperação de áreas degradadas. “Esse treinamento para multiplicadores na operacionalização do Cadastro Ambiental, oferecido pela Faema, é mais uma forma de apoiar o cadastro que foi introduzido pelo novo Código Florestal e estabeleceu a obrigatoriedade de que todas as propriedades e posses rurais do Maranhão façam parte do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural [Sicar]”, afirmou.

A política de apoio à regularização ambiental é executada de acordo com a Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012, que criou o CAR em âmbito nacional, e de sua regulamentação por meio do Decreto nº 7.830, de 17 de outubro de 2012, que criou o Sicar, que integrará o CAR de todas as Unidades da Federação.

Para o gerente estadual do CAR e analista ambiental da Sema, Renato Foicinha, a Secretaria iniciou ações de implantação do cadastro em diversas regiões do estado, com capacitações regionais para cerca de 215 técnicos ligados aos sindicatos de produtores, trabalhadores rurais, associações, prefeituras e órgãos estaduais, fortalecimento institucional e montagem de balcões fixos e móveis de atendimento via projeto apoiado pelo Fundo Amazônia/BNDES.

“Iniciativas como essa capacitação promovida pela Faema são de extrema importância para a implementação do CAR no estado, visto que o desafio de cadastrar 280 mil imóveis rurais é muito grande e por meio de capacitações é possível disseminar o CAR pelo Maranhão”, concluiu.