Menu fechado

Dia de campo do Senar leva conhecimento a produtores rurais de Governador Eugênio Barros

Print Friendly, PDF & Email
Distribuição de brindes após palestra no Dia de Campo

 

O Senar acaba de realizar, o primeiro de uma série de ações intituladas Dia de Campo, que serão realizadas em diversos municípios maranhenses que possuem propriedades rurais assistidas pelo programa Assistência Técnica e Gerencial (ATeG).

O primeiro deles, aconteceu na Fazenda Itamar Braz, no município de Eugênio Barros e contou com a palestra ministrada pelo instrutor do Senar, Madson Vidal (médico veterinário), organizada pelo coordenador de campo, Rozalino Aguiar e pela técnica de campo, Thaís Peres cujo tema versou sobre Manejo Sanitário.

Gestores do sistema Faema/Senar, Sindicato, técnicos de campo e instrutor.

Participaram do evento, cerca de 100 pessoas, dentre elas, produtores assistidos pelo Senar e moradores da região. A comitiva do Senar formada pelo presidente Raimundo Coelho e o superintendente Luiz Figueiredo e equipe, acompanhou a atividade que contou ainda com a parceria do presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Magno Baltazar.

De acordo com Raimundo Coelho, o Senar com esta iniciativa, deu início a uma maratona de ações que levam conhecimento e tecnologia a todas as regiões, conforme a sua potencialidade.

Técnica Thais Peres, em apresentação durante o Dia de Campo.

“É importante notar que além daqueles assistidos pela ATeG, outros produtores também podem participar das ações. Temos atualmente 200 técnicos de campo levando assistência cada um para 25 produtores rurais. E nessa fase de Dia de Campo, além dos produtores assistidos, outros também podem participar”, afirmou Coelho.

Baltazar, gestor do Sindicato, disse que o trabalho do Senar junto aos produtores rurais, através da entidade sindical, é algo espetacular. “Me considero corpo do Senar, por ser presidente do Sindicato. E para mim, disseminar o conhecimento, mostrar como é que se produz com qualidade, comercializar esse produto, trabalhar a receita, enquanto custos, é extraordinário. É um sonho que eu sempre tive”, disse ele, ao tempo que parabeniza o Senar e a todo o corpo técnico, assim como o presidente Raimundo Coelho.