Menu fechado

Convênio de cooperação técnica será assinado pela Faema e Embrapa Cocais

Print Friendly, PDF & Email

Órgãos darão suporte legal à implantação e validação de sistemas agrossilvopastoris nas propriedades rurais com problemas de áreas.

A Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão (Faema) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Cocais) realizarão amanhã, dia 20, a partir das 8h, no Hotel Brisamar, em São Luís, a solenidade de assinatura do convênio de cooperação técnica, durante a abertura do seminário Pecuária Sustentável: recuperação de pastagens degradadas.

O documento será assinado pelo presidente da Faema, José Hilton Coelho de Sousa, e pelo chefe-geral da Embrapa Cocais, Valdemício Ferreira de Sousa.

O convênio visa dar suporte legal à conjunção de esforços entre as instituições signatárias, objetivando a implantação e validação de sistemas agrossilvopastoris nas propriedades rurais com problemas de áreas e pastagens degradadas, em consonância com os programas Agricultura de Baixo Carbono (ABC) e de integração Lavoura, Pecuária e Floresta (iLPF).

“Os trabalhos serão executados em propriedades agrícolas no Estado do Maranhão, sendo estas definidas em conjunto com a Faema e Embrapa”, afirmou José Hilton de Sousa.

Palestras – Durante o seminário sobre pecuária sustentável, serão proferidas palestras sobre Pastagens degradadas e estratégias do iLPF no Brasil, com o chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Cerrados, Luiz Balbino; e Caminhos para a sustentabilidade na pecuária, com o palestrante Ernani do Espírito Santo, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Às 11h, última etapa da programação, haverá um debate (mesa-redonda) sobre Estratégias de recuperação de pastagens degradadas no Maranhão, com os debatedores José Hilton Coelho de Sousa e Valdemício Ferreira, e como moderador o pesquisador da Embrapa Amazônia Oriental, Paulo Campos Fernandes.

Assessoria de Imprensa do Sistema Faema/Senar-MA

Marcos Caminha (98) 9995-0699