Menu fechado

Comunidades rurais de Loreto participam de Olimpíada promovida por Sindicato e sistema Faema/Senar

Print Friendly, PDF & Email
Moradores assistem vaquejada de bode
Moradores de Loreto assistem à vaquejada de bode no Parque Marfran Bringel

O Sindicato dos Produtores Rurais de Loreto,  realizou esta semana, no Parque  Marfran Bringel, naquela cidade, a I Olimpíada Rural que reuniu centenas de pessoas do município e de cidades vizinhas, como: São Raimundo das  Mangabeiras e Balsas.

A competição teve como finalidade, integrar produtores rurais das diversas comunidades,  além de ajudar famílias  carentes com recolhimento de alimentos, no ato da inscrição e posterior entrega em áreas consideradas de vulnerabilidade.

Durante dois dias, dezenas de pessoas participaram das  maratonas, futebol, voleibol, salto, dominó, corrida de cavalo com tambor e vaquejada de bode. Ao final, aqueles que se destacaram receberam premiação das mãos dos organizadores.

Jogador loretense exibe troféu de primeiro lugar no futebol
Jogador loretense exibe troféu de primeiro lugar no futebol

O torneio rural se desenvolve por intermédio da Promoção Social, (PS),  uma das linhas de atuação de destaque do Senar, que vem atendendo diversos municípios com enfoque educativo,  possibilitando  ao produtor rural a aquisição de conhecimentos, desenvolvimento de habilidades pessoais e sociais e mudanças de atitudes  favorecendo melhor qualidade de vida e participação na comunidade. Assim como Loreto, outros municípios também já desenvolveram este tipo de atividade, beneficiando, sobretudo, o homem do campo.

Coube ao Sindicato, além de organizar a Olimpíada, o aperfeiçoamento de uma equipe, para atuar na comissão organizadora. Por isso, foi ministrado dias antes, o curso de Arbitragem pelo Senar, para uma turma de dezoito pessoas.

De acordo com Alessandro Costa, presidente do Sindicato,  a Olimpíada Rural deve permanecer no calendário de festas anuais de Loreto, o que segundo ele reforça o compromisso da instituição a qual representa, com as comunidades rurais de seu município.

“A ideia de promover este tipo de ação, é integrar os moradores, principalmente aqueles que moram na zona rural, promovendo lazer e arrecadando alimentos para distribuir aos menos favorecidos”, destacou ele, ressaltando o apoio da Federação de Agricultura e do Senar.