Menu fechado

CNA  entrega propostas do PAP 2017/2018 às comissões de agricultura da Câmara e do Senado e ao Banco do Brasil

Print Friendly, PDF & Email

José Mário Schreiner, vice-presidente da entidade, fez a entrega da proposta

 O Vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), José Mário Schreiner entregou, nesta quarta (26), a proposta da entidade para o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2017/2018 aos presidentes das Comissões da Agricultura da Câmara e do Senado e ao diretor de Agronegócios do Banco do Brasil, Marco Túlio Moraes.

A proposta foi recebida no Congresso pelo deputado Sergio Souza (PMDB-PR) e pelo senador Ivo Cassol (PP-RO). Nos encontros, Schreiner defendeu, entre outros pontos, a redução da taxa de juros do Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA).

“A construção de armazéns vai de encontro ao conjunto de propostas que defendemos para resolver o problema da infraestrutura e logística no país”, afirmou Schreiner, que preside a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG) e a Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA.

O vice-presidente pediu, ainda, juros menores para o Programa de Incentivo à Irrigação e à Armazenagem (Moderinfra) e para o Programa para Redução de Gases de Efeito Estufa na Agropecuária (Programa ABC).

Outro ponto levantado por ele foi a questão do seguro rural como principal instrumento de gestão de risco da agropecuária, com volume de recursos de R$ 1,2 bilhão.

O documento com as propostas para o PAP 2017/2018 é resultado dos workshops realizados pela entidade com produtores rurais das cinco regiões do país e do Matopiba, onde foram reunidas as principais demandas do setor rural