Menu fechado

BNB e FAEMA articulam convênio para beneficiar produtores rurais

Print Friendly, PDF & Email

Foto 2 - BNB

O Superintende Estadual, Helton Mendes, e o Gerente de Desenvolvimento do Banco do Nordeste-BNB, Jaubas Alencar, foram recebidos na quinta-feira, 28, pelo Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão (Faema) José Hilton Coelho de Sousa, na sede da Instituição para apresentarem novas oportunidades de negócios para os produtores rurais maranhenses.

O Superintende destacou que, por meio da Lei 12.716/2012, temos hoje a oportunidade de regularizar 44.896 operações de crédito contratadas por produtores rurais no Estado do Maranhão, beneficiando agricultores que fizeram suas operações até o dia 30 de dezembro de 2006, no valor máximo de R$ 100 mil. Por meio do referido instrumento legal, os agricultores terão aumento no prazo de quitação das dívidas por um período de até 10 anos, incluindo um ano de carência para início do pagamento, além de bônus de 10% sobre principal, desde que os pagamentos sejam efetuados sem atrasos.

Responsável por divulgar e mobilizar seus sindicatos filiados para aderirem à lei, a Faema se dispôs, também, a estreitar os laços do BNB com os agricultores a fim de que os diversos produtos da Instituição, que beneficiam esse público, sejam ainda mais conhecidos, como linhas de financiamento específicas, programas de patrocínios e de microfinanças: o Agroamigo e Crediamigo, entre outros.

De acordo com o presidente José Hilton, a Faema e seus sindicatos rurais, sempre tiveram o Banco do Nordeste como um grande e importante aliado, tanto nas relações institucionais como na mobilização e divulgação dos nossos programas. Essa visita dos dirigentes do BNB consolida essa saudável convivência. “Vamos reforçar a divulgação das vantagens da Lei 12.716 que oferece uma oportunidade aos produtores rurais de repactuar suas dívidas. Na reunião ficou evidenciado o interesse mútuo da elaboração de um Acordo de Cooperação formalizando a parceria e ações conjuntas entre Faema e BNB, que será concretizado brevemente”, adiantou o presidente.

Como resultado do encontro ficou definido, ainda, que a Faema será convidada a ministrar a capacitação, na área de gestão, dos trabalhadores das Colônias de Pescadores de São Luís, Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, que serão beneficiados com o Acordo de Cooperação que está sendo assinado entre o Banco do Nordeste, a Secretaria de Estado da Pesca e Aquicultura e a Superintendência Federal da Pesca e Aquicultura do Maranhão, com vistas à realização de ações conjuntas para fortalecimento da atividade pesqueira no Estado.

“A parceria entre a Faema e o BNB traz uma série de oportunidades para os agricultores do Estado, uma vez que permitirá a estruturação e divulgação de informações sobre benefícios e vantagens destinados não só à ampliação do apoio financeiro do Banco do Nordeste aos empreendimentos rurais, mas também à regularização das operações em situação de atraso por instrumentos legais, a exemplo da Lei 12.716. Temos a certeza que teremos aqui uma parceria de muitos méritos”, disse o superintendente do BNB.

Estiveram ainda presentes à reunião, o Superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Antônio Luiz Figueiredo e o Chefe da Assessoria, Manoel Nicolau Barros. O Acordo de Cooperação entre o BNB e a FAEMA será elaborado e analisado entre ambas as Instituições para ser apresentado em reunião plenária no próximo mês de Maio.