Notícias Notícia publicada dia 14/06/2017 às 08:28 | 82 visitas Atitudes simples no dia a dia fazem muita diferença

SENAR lança vídeo para promover  saúde no campo

Brasília (13/06/2017)  O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) acaba de lançar um vídeo para promover mais saúde no campo. O foco é a higiene pessoal.

“Boas condições de higiene não só ajudam a prevenir doenças, mas aumentam de modo significativo a qualidade de vida das pessoas. E foi nessa perspectiva que o SENAR elaborou este vídeo, com o objetivo de disseminar informações sobre a importância do autocuidado e o quanto hábitos simples podem contribuir para uma vida mais saudável”, explica Deimiluce Lopes Coaracy, coordenadora de Programas e Projetos na área de Saúde Rural do SENAR.

Os maiores focos de doenças estão relacionados com a exposição a ambientes sujos, como lixo, esgoto a céu aberto, e com falta de hábitos de higiene pessoal. “Claro que existem as doenças que não temos o controle de prevenir, mas existem muitas outras que podem ser evitadas com alguns hábitos simples em nosso dia a dia. É importante conhecê-los para que, assim, possamos nos manter sempre saudáveis” destaca Deimiluce.

Hábitos simples como tomar banho, lavar as mãos e escovar os dentes estão entre as principais atitudes preventivas para o bem estar de cada indivíduo e, consequentemente, do coletivo, podendo reduzir pela metade o número de pessoas com doenças infecciosas, principalmente em crianças.

A higiene pessoal é um dos hábitos mais importantes para a manutenção da saúde,  e ainda contribui para a autoestima. A higiene bucal é essencial para evitar, não só cáries, gengivite e mau hálito, mas doenças graves como endocardites bacteriana.

“Queremos mostrar para as famílias do meio rural que nossas atitudes, principalmente em relação à higiene pessoal, devem fazer parte da busca por melhor qualidade de vida e bem estar de cada um, e no vídeo, há dicas simples de como melhorar as condições de higiene do seu corpo, que com certeza trará grandes benefícios na sua vida, de seus filhos e de toda a família rural”, conclui Deimiluce.