Menu fechado

Assembleia Ordinária da Faema destaca benefícios essenciais para o produtor

Print Friendly, PDF & Email
Programa Bem+Agro apresentado aos produtores rurais

Presidentes dos Sindicatos dos Produtores Rurais afiliados à Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema), acabam de participar da I Assembleia Ordinária de 2019. A reunião ocorreu na sede do sistema Faema/Senar e foi conduzida pela diretoria da entidade, que pontuou, na ocasião, nuances diversas relacionados às políticas voltadas para o setor rural.

O relatório de atividades do exercício de 2018, foi uma das pautas apresentadas pelo presidente Raimundo Coelho e diretoria, quando também foi discutida a necessidade de levar aos produtores rurais, ações empreendidas em favor das entidades representativas do homem do campo, com vistas ao desenvolvimento e inovação tecnológica das atividades rurais.

O Departamento Sindical da Faema apresentou serviços de regularização das propriedades, das empresas e de pessoas físicas ligadas as atividades rurais, no cumprimento da legislação pertinente. Sistema de Gestão Sindical (SGSind), foi pontuado na reunião e teve a participação de boa parte dos presentes.

Bem+Agro

Outros benefícios voltados ao produtor rural foram também apresentados e discutidos por produtores e equipes sindicais. Um exemplo disso foi o programa Bem+Agro –  plataforma digital onde os produtores rurais adimplentes com os sindicatos podem acumular “agros” – moeda virtual criada para o sistema – e trocar por ofertas e descontos em lojas credenciadas e especializadas no ramo do agronegócio, bem como outras parceiras do setor. A importância da contribuição sindical foi destacada como principal fator para que o programa alcance o seu objetivo.

Benefícios são apresentados durante o evento

“Tudo o que foi apresentado aqui na Assembleia, são benefícios que chegam ao produtor rural de forma a convencê-lo da importância de fortalecer a organização rural e, principalmente, de apoiar por meio de suas filiações os sindicatos, cuja manutenção e realização de ações de defesa e de educação rural, são motivos importantes para a decisão do produtor, em pagar a sua contribuição rural anual”, disse Raimundo Coelho, em defesa do fortalecimento do sistema sindical.

O superintendente do Senar, Luiz Figueiredo, finalizou a reunião com a apresentação dos novos programas desenvolvidos pelo Senar como Retorno Certo, que atenderá 1.200 propriedades com assistência técnica e gerencial (ATeG), o paisagens Rurais e NCR-Ciclo II. Todos eles serão lançados a partir do próximo mês com a participação de uma equipe técnica treinada dentro da metodologia do Senar.

Aproveitou o ensejo para reafirmar a necessidade de priorizar os produtores que estão em dia com a Contribuição Sindical, dizendo que pretende trabalhar com os programas de ATeG beneficiando 100% daqueles produtores que prestigiam o sistema, contribuindo financeiramente para sua sustentabilidade.

“A ATeG, tem sido um dos grandes pilares do Senar no Maranhão. Ações como essa, estão sendo aplicadas em favor do homem do campo, com vistas a fortalecer as suas atividades e promover a sua melhoria”, enfatizou Figueiredo.

Assembleia Ordinária realizada com a participação de Sindicatos

O membro titular representante da Seplan no Conselho de Administração do Fundepec (Fundo de Desenvolvimento da Pecuária), Marco Aurélio de Sousa Martins, a convite de Raimundo Coelho e de José Hilton Coelho de Sousa, colaborou com a reunião no sentido de apresentar a entidade, suas atividades desenvolvidas em prol do produtor rural maranhense, ratificando as ações do fundo como instrumento do criador para apoiar programas de sanidade, como o de Erradicação da Febre Aftosa.