Menu fechado

Agroloreto contribui para o fomento do agronegócio da região da chapada das mangabeiras

Print Friendly, PDF & Email

Faema e Senar formam parceiros do projeto que atraiu milhares de pessoas com a intenção de buscar conhecimento para melhorar seus negócios

O município de Loreto foi palco, neste final de semana, da terceira edição da Agroloreto, feira agropecuária realizada pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Loreto com apoio da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema), do Serviço Nacional da Aprendizagem Rural (Senar), da Fundação de Apoio à Pesquisa do Corredor de Exportação (Fapcem) e do Governo do Estado por meio das Secretarias de Agricultura Pecuária e Pesca (Sagrima) e de Indústria e Comércio (Seinc). Ambas as secretarias foram representadas pelos seus titulares, Márcio Honaiser e Simplício Araújo e adjuntos, Émerson Macêdo e Expedito Júnior.

[CLIQUE NA IMAGEM PARA ABRIR A FOTO]

Durante dois dias, a movimentação foi intensa no Parque Marfran Bringel com a presença de milhares de pessoas em busca de entretenimento ou para   participar  das ações disponibilizadas pelo  Sistema Faema/Senar, tanto na área de saúde, quanto na de  formação e conhecimento. No Parque haviam barracas com grande diversidade de produtos, variando desde alimentos e bebidas, às mudas de plantas ornamentais, máquinas, tratores, implementos agrícolas, artesanato, e  ainda  exposição e comercialização de  animais (caprinos, ovinos, suínos, equinos e bovinos), levados  por criadores de toda a região mangabeirense.

Os programas Saúde do Homem e Saúde da Mulher tiveram participação efetiva dos moradores do município, com atendimento a  98 pessoas do sexo feminino por meio de exames de prevenção do colo de útero e de  quase 50 homens através de palestra sobre a prevenção de câncer de próstata.

Como parte complementar do estímulo ao trabalho de prevenção do câncer de colo uterino, foi destacado o embelezamento do público feminino via atendimento no tratamento dos cabelos, além da  entrega de kit de higiene e limpeza.

Novembro Azul

Quarenta e cinco homens ligados à atividade rural loretense, participaram de palestra focada na prevenção do câncer de próstata em função da campanha nacional Novembro Azul – ministrada pelo enfermeiro e instrutor do Senar, Waikson Barbosa Lima, com participação da equipe de saúde, liderada pela gerente de  Promoção Social e Educação Formal do Senar, Yolanda Gomes.

O estande do Sistema Faema/Senar  recebeu a visita de centenas de pessoas, dentre elas, os produtores rurais da região, estudantes de escolas públicas locais, lideranças  sindicais, municipais e governamentais. O grande atrativo foram as minifábricas de aguardente e de produtos obtidos a partir da raiz de mandioca, feitos no local por instrutores do Senar.  Além disso, foi possível encontrar, material informativo sobre cursos, ações e programas desenvolvidos em todo o Estado pelas entidades do sistema.

O curso de Doma Racional de Equinos e Muares realizado no mesmo período da Feira,  reuniu 13 participantes entre pequenos criadores e vaqueiros que já desenvolvem suas atividades em propriedades da região. A finalidade, de acordo com Victor Borgeneth (domador de cavalos e instrutor do Senar),  é mudar a concepção  de maus tratos aplicados aos animais no processo de doma, por uma linguagem corporal  e liderança, sem uso de violência. Outra ação a ser ressaltada foi a palestra sobre Prevenção de Queimadas muito comum nessa época do ano,  aplicada pelo Gerente de Formação Profissional do Senar, Carlos Antônio Feitosa.

Ponto alto

Entrega de certificados dos participantes da turma do Programa Negócio Certo Rural pelo presidente da Faema Raimundo Coelho e pelo presidente do Sindicato Alessandro Costa, foi um dos pontos altos do evento. Momento que reuniu também o superintendente do Senar Luiz Figueiredo, o Técnico da Faema Paulo Bello,  o secretário-Adjunto da Sagrima Émerson Macêdo, a vereadora de Colinas Eleozilda Nóbrega de Sá, o prefeito eleito de Loreto Marfran Bringel, o vice-prefeito eleito de Fortuna Yuri Coelho, a gestora do Sebrae (Unidade de Balsas), Sandra Regina, dentre outros.

“A Faema e o Senar trazem grande credibilidade ao evento uma vez que, o Sistema visa o atendimento aos produtores rurais com conhecimento e formação. Quando temos o apoio dessas entidades, o projeto então se fortalece e atinge o sucesso. A parceria entre essas entidades é fundamental”, destacou satisfeito, o titular do Sindicato Rural de Loreto e coordenador do Agroloreto, Alessandro Costa.

No entendimento de Luiz Figueiredo, este tipo de iniciativa ajuda a promover o agronegócio da região e fortalecer ainda mais a pequena unidade produtiva, que precisa estar constantemente recebendo injeções de ânimo para acompanhar o desenvolvimento de novas tecnologias. “São iniciativas como essas, que vem  atender as necessidades  do setor rural”, disse ele.

Para o presidente da Faema Raimundo Coelho, o trabalho apresentado em Loreto, é uma   vitrine de apresentações tecnológicas para que os produtores passam a adotar novas posturas. “A Agroloreto, assim como as demais feiras e exposições agropecuárias estimula  o agronegócio maranhense”.